10 clichês de Nova York que ninguém resiste

Sou do tipo que tira foto de braços abertos no Cristo Redentor, que se aglomera pra ver a troca de guarda no Palácio de Buckingham e que certamente teria colocado um cadeado na Pont des Arts se na época tivesse um amor. Confesso, eu amo um clichê. E não sinto a menor vergonha disso. Até porque, a julgar pela quantidade de gente que sempre vejo nesses momentos, não estou sozinha.

Já acompanha o blog nas redes sociais? 
Curta a página no Facebook e siga no Instagram e no Twitter.

E aí, quando eu fui visitar a cidade mais encantadoramente clichê desse mundo, o resultado não podia ser outro. Enquanto eu organizava minha fotos de Nova York dia desses, me dei conta do tamanho da lista! Optei por deixar de fora os pontos turísticos, senão o post seria infinito… Aí vai:

cliches-nova-york-love-hope-sculptureLove e Hope Sculptures

Foi das primeiras coisas que pesquisei quando decidi viajar pra Nova York. Acho lindo. Anotei as localizações de cada uma delas (ficam próximas) e fui logo no primeiro dia. E esperava ficar vazio, para poder tirar foto só minha ou só das palavras, sem intrusos aparecendo.

cliches-nova-york-testiculos-boiTestículos do Charging Bull

Reza a lenda que quem passa a mão nos testículos do touro que fica na Wall Street atrai dinheiro. Olha, funcionar eu não posso dizer que funcionou. Talvez seja em longo prazo, vai saber. Fato é que eu não pensei duas vezes ao enfrentar a fila para fazer a minha parte. Vai que…

cliches-nova-york-macysMacy’s

Autodenominada a maior loja do mundo, a Macy’s é uma multimarcas que ocupa um quarteirão inteiro e tem nada menos que nove andares de bons produtos e, às vezes, bons preços. Tem que ir com tempo, turistando mesmo! Detalhe: saí de lá sem comprar absolutamente nada. Fui só pelo passeio.

cliches-nova-york-casa-carrieLocações de filmes/séries

É impossível andar pela cidade e não se lembrar de lugares famosos no cinema e na TV. Tudo ali a gente já viu em algum momento, pode ter certeza. Eu fui até a casa da Carrie Bradshaw e comi cupcakes na Magnolia Bakery. Mais Sexy and The City que isso, impossível.

cliches-nova-york-starbucksCafé no Starbucks

E por falar em séries e filmes, é raro algum que se passe em Nova York e não tenha pelo menos uma cena de alguém passando no Starbucks e saindo sempre com pressa. Para os turistas, tem ainda a vantagem do wi-fi liberado. Aí, de quebra, pede-se um café – ou, no meu caso, um chocolate quente.

cliches-nova-york-empire-stateFotos dos arranha-céus

Câmeras ao alto! Tentar enquadrar, sem sucesso, os prédios novaiorquinos, quem nunca? Seja durante o dia ou à noite, com a iluminação, eles são exaustivamente fotografados,  principalmente o Empire State Building, o mais famoso e mais alto da cidade, com 102 andares e 443 metros.

cliches-nova-york-brooklyn-bridgeAtravessar a Brooklyn Bridge

É o único item da lista que não fiz (fui até lá, mas chovia muito muito muito e não tinha a menor condição, nem dava pra ver nada). Meu amigo Fernando foi e disse que tem de ser, preferencialmente, no sentido Brooklyn/Manhattan, que é o que tem a vista mais bonita. São pouco mais de 1.800 metros e o tempo médio é de 30 minutos (eu, que paro toda hora pra tirar fotos, certamente levaria 2h).

cliches-nova-york-vista-manhattanManhattan Skyline

O que Brooklyn, Top of the Rock, Roosevelt Island, Empire State e Estátua da Liberdade têm em comum? A beleza desses pontos turísticos está não só no próprio lugar, mas principalmente do outro lado: a vista de Manhattan, para ser apreciada por todos os ângulos possíveis.

cliches-nova-york-carruagensCarruagens do Central Park

Organizações de defesa dos animais pedem a proibição, mas, enquanto a polêmica persiste, as carruagens que remontam às tradições do século XIX seguem fazendo sucesso entre os turistas. Não fiz o passeio, mas parava para fotografar sempre que via uma delas.

Telão da Times Square

Where's Wally? =D

Where’s Wally? =D

A Times Square por si só já o ápice dos clichês. E não resisti quando, no meio de todo aquele agito, vi o pessoal se juntando em frente a um telão onde uma câmera capta e exibe a imagem na hora. Me espremi para conseguir aparecer e ainda tirei uma foto dos meus 5 segundos de fama pra ter como lembrança.

* Com a colaboração de Fernando Soares
  Foto Starbucks: Bruna Moreira

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Email this to someone