passeio-de-maria-fumaca-mg-tiradentes-sao-joao-del-rei

Passeio de maria fumaça de São João del Rei a Tiradentes

Como boa mineira, sempre gostei de trem de comer, trem de brincar, trem de passar no rosto e muitos outros trens, que, na linguagem do “mineirês”, pode significar absolutamente qualquer coisa… Inclusive trem mesmo, o transporte, tão tradicional no passado e na história do estado.

Um dos trens mais famosos de Minas Gerais é a Maria Fumaça que liga as belas cidades históricas de Tiradentes e São João del Rei. O passeio é do tipo imperdível na programação de qualquer turista que passa por lá. E eu que não ia perder um trem desses, né?

Curta a página do blog no Facebook!

História da Maria Fumaça

Mas, antes de embarcar, um pouco de história! A Estrada de Ferro Oeste de Minas (EFOM) foi inaugurada em 1881 por D. Pedro II, abrindo caminho entre o Cerrado e a Mata Atlântica. Logo ela passou a ser considerada a primeira ferrovia de Minas Gerais, já que as outras duas que atendiam o estado tinham sede no Rio de Janeiro.

Atualmente a EFOM funciona apenas no trajeto Tiradentes-São João del Rei, em locomotivas e vagões centenários, mas todos muito bem conservados, levando a uma viagem no tempo. O trem percorre 12 km, durante cerca de 40 minutos ao longo das margens do Rio das Mortes. Não se assuste com esse nome. É um trajeto tranquilo e bonito.

passeio-de-maria-fumaca-paisagem

Como é o passeio

Já contei aqui que, ao contrário da maioria das pessoas, que prefere ficar em Tiradentes, eu me hospedei em São João del Rei e fiz o percurso contrário.

passeio-de-maria-fumaca-embarque

A única diferença em relação ao passeio de trem é o lado melhor para se sentar: se sair de São João, lado esquerdo; se sair de Tiradentes, lado direito. Assim vai poder apreciar melhor as paisagens.

Dentro da estação do Complexo Ferroviário de São João, onde é feito o embarque, fica o Museu Ferroviário,  que foi inaugurado em 1981, ano do centenário da Estrada de Ferro Oeste de Minas, e posteriormente tombado pelo Iphan.

passeio-de-maria-fumaca-mg-estacao

Lá estão ferramentas, sinos, balanças, relógios, telefones, e outros objetos antigos, além de painéis que contam um pouco mais sobre a história.

Tem também a primeira locomotiva da ferrovia, que transportou o próprio D. Pedro e sua comitiva para a inauguração, e o vagão que era destinado apenas para passageiros ilustres. Achei bem interessante!

Minha dica é chegar um pouco mais cedo, comprar o bilhete e aproveitar o tempo até a hora do embarque no museu. Ou, se for seu ponto de chegada, dar uma vota por ele antes de sair da estação.

passeio-de-maria-fumaca-museu1

Semáforo para trens =D

passeio-de-maria-fumaca-mg-locomotiva

passeio-de-maria-fumaca-museus-vagoes

passeio-de-maria-fumaca-museu2

Telefones e relógios de época

Ao desembarcar em Tiradentes você pode seguir esse roteiro. Não sem antes assistir a um dos momentos mais aguardados pelos passageiros! A “virada do trem”. Bem em frente à estação, fica a “rotunda”, mecanismo através do qual a locomotiva inverte sua posição na linha férrea para poder voltar a São João Del Rei.

Serviço:
Funcionamento: sextas, sábados e domingo.
Embarque em Tiradentes: 13h e 17h – Praça da Estação, s/n.
Embarque em São João del Rei: 10h e 15h – R. Hermilia Alvoes, 366, Centro.
Preço: R$ 50,00 ida ou R$ 60,00 ida e volta – meia para estudantes, crianças (6 a 12 anos) e idosos.
Outra opção, principalmente por causa dos horários, é voltar de ônibus, que são bem baratinhos e circulam o tempo todo.

Para ler ouvindo:

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Email this to someone

5 thoughts on “Passeio de maria fumaça de São João del Rei a Tiradentes

  1. Que d+ isso! Eu tenho um desejo enorme por conhecer Tiradentes e se conseguir realizar um passeio desse seria fantástico! Gosto dessa ideia de entrar de corpo e alma nos destinos, uma passeio diferente uma experiência completa não é mesmo?
    O trem bom, curti a ideia! Anotado.

  2. Esse passeio de Maria Fumaça é maravilhoso e vale muito a pena fazer, sem contar que sou apaixonada pela charmosa Tiradentes. Acho a mais bonita das cidades históricas de Minas Gerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *