Como viajar bem e barato

Muita gente tem vontade de sair por aí e não sabe bem como se organizar financeiramente para isso, como fazer uma viagem barata, quais os melhores lugares para viajar, para onde é preciso ter passaporte ou não, e etecéteras infindos. Vou tentar resumir mais ou menos o que acho sobre tudo isso, afinal, um blog de viagem que se preze tem que ter todas essas infos, certo? Depois, prometo um post separado e mais específico sobre cada assunto. Por hora, vamos de geralzão.

Para onde viajar

dicas-viagem-destinos-viajar-baratoPrimeiramente você precisa saber do que você gosta ou, pelo menos, o que você quer em determinado momento. Porque é impossível dar dicas de viagem sem saber se a pessoa prefere praia ou montanha, natureza ou metrópole, descansar ou bater perna, cultura ou lazer, Brasil ou exterior, pouco tempo ou muito tempo. Não tem nada pior que alguém que diz: “Queria viajar, mas não sei pra onde, me dá uma dica?” Aí você sugere uma praia paradisíaca e a pessoa queria era fazer compras nos exterior.

Gente, please! Foco! Claro que é possível gostar de tudo isso, mas uma coisa por vez né. Quando for perguntar ou pesquisar, melhor dizer logo: “Queria ir descansar numa praia, mas não sei onde, me dá uma dica?” Aí sim, o papo começa.

Já acompanha o blog nas redes sociais? 
Curta a página no Facebook e siga no Twitter e Instagram.

Viajar gastando pouco

Minha dica essencial se resume em duas palavras: planejamento e antecedência. Não adianta resolver que quer viajar faltando dois dias para a data e reclamar que não foi porque seu dinheiro não dava. Em cima da hora você certamente só vai conseguir passagens caras, hospedagens caras, isso seee conseguir. Mas, com antecedência é possível comprar tudo com preços melhores, por isso eu sempre me programo super antes. E faço tudo por conta própria, sem intermédio de agência de turismo e sem contratar pacotes. Dá um trabalhinho? Dá! Mas vale a pena e é uma fase que pode ser bem divertida!

Preços de passagens

viajar-barato-preco-passagens-promocaoPara conseguir passagens baratas, consulto quase que diariamente sites como Submarino Viagens e Decolar, onde é possível ver os preços de passagens de diferentes companhias aéreas. Vou simulando datas, vejo quando fica mais em conta… Aí, na hora de comprar, vou direto no site da própria companhia (Gol, Tam, Azul, etc). Lembrando sempre que, em cima do valor que aparece será somada a taxa de embarque, que fica em torno de 21 reais (42 reais ida e volta). Outro site bem legal é o Melhores Destinos, que sempre mostra os destinos que naquele dia estão mais em conta e divulga as melhores passagens aéreas em promoção. Muitas vezes viajar de avião sai mais em conta que comprar passagens de ônibus.

Fugir dos feriadões, fins de semana e datas festivas também ajuda a conseguir preços melhores. A regra é clara, Arnaldo: nessas ocasiões todo mundo quer viajar, o que faz o valor das passagens subir. O ideal, portanto, é viajar fora da alta temporada, quando dá para programar melhor as datas, ou, se o feriadão for a única alternativa, olhar com o máximo possível de antecedência.

Hospedagem barata

melhores-albergues-viajar-baratoPassagens compradas, é hora de definir onde vai ficar. Acho que, mais importante que o preço de hotéis e pousadas, é a relação custo/benefício. Os hostels, ou albergues, são uma ótima opção para quem quer viajar gastando pouco. Ao contrário do que muita gente pensa, não são bagunçados ou coisas do tipo. O ponto forte dos hostels são os quartos coletivos, onde você paga por uma cama e divide o espaço com outros hóspedes. Há opções com banheiro privado e outras com banheiro externo, e o preço sempre varia, é claro, de acordo com todos esses fatores. Mas há muitos que já oferecem quartos privados para casais, trios ou mesmo individuais (eu, particularmente, prefiro). Dá para ir numa boa com família ou crianças. Os da rede HI (Hosteling International) possuem um padrão internacional, ou seja, são mais confiáveis.

Há também pousadas com preços atrativos e até hotéis baratos, geralmente localizados nas regiões mais centrais. Um site que gosto muito é o TripAdvisor, que mostra um comparativo de hospedagens, com avaliações relacionadas a conforto, limpeza, localização, entre outros critérios. Pelo Google Maps, vou jogando os nomes para ver onde fica, tendo como referência algum ponto turístico principal ou que eu desejo visitar. Porque esse cálculo também entra no custo/benefício. Se a ideia é curtir a praia da cidade, ficar hospedado longe dela vai fazer com que você perca tempo e dinheiro se deslocando todos os dias.

Viajar sozinho vale a pena?

viajar-sozinha-viajar-baratoVou escrever um post mais específico sobre isso, falando da minha experiência e dando algumas dicas. Mas, a princípio, eu diria que sim, vale a pena, nem que seja para dizer que detestou e que não quer fazer de novo. Fato é que às vezes ninguém vai ter férias no mesmo período que você, ou seus amigos já conhecem o local para onde você quer tanto ir, entre outras inúmeras possibilidades que fazem com que a gente se veja sozinho tentando planejar uma viagem. Já vivi esses momentos de dúvida e hoje digo que eu prefiro sempre ir, seja como for. Tem companhia? Ótimo! Não tem? Vou e curto a viagem do meu jeito, e tiro muitas selfies! Viajar sozinha tem seus prós e contras, assim como viajar em grupo também tem (assim como tudo na vida, aliás).

No mais, é como diz esse textinho maravilhoso da Jana Rosa: “Não precisa ser rica pra viajar. Viajar tem muito mais a ver com coragem do que com dinheiro. Entenda isso. Claro que dá medo, muito medo, medo o tempo todo! Mas na boa, sentir medo? É melhor sentir esse medão e frio na barriga de vez em quando do que ficar apavorada em casa vendo TV e imaginando como gostaria de largar tudo e fazer a louca pelo mundão, mas não tem coragem de sair do emprego, namoro, cidade, vida mais ou menos que tá te entediando. Na verdade sempre é o contrário, você volta sabendo mais, conhecendo mais gente, falando outras línguas com fluência, ganha todo tipo de cultura, desde trash até política sobre cada lugar que passa. E repare bem, essa é a verdadeira riqueza, e juro, ela custa muito mais barato do que você imagina.”

Agora que vocês já têm todas essas dicas, não dá mais para arrumar desculpas! Melhor arrumar as malas e começar agora mesmo a colocar em prática aquela viagem dos sonhos, com muito planejamento e gastando pouco dinheiro. Eu vou! Por que não?

Crédito da imagem: Projetado pelo Freepik

Para ler ouvindo:

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Email this to someone