Destinos incríveis: blogueiros indicam suas viagens preferidas

Se tem uma coisa difícil na vida de quem gosta muito de viajar, é escolher um destino preferido. Porque são tantos lugares lindos, cada um com algo de especial… Então sempre é uma pergunta que faz pensar e pensar e pensar mais um pouco. Mas sempre tem aquele lugarzinho que, por algum motivo, acaba marcando mais, né?

Essa foi a proposta de março na série #blogueirosindicam Neste post, cada um fala um pouco sobre os melhor lugar que já conheceu.

Já acompanha o blog nas redes sociais? 
Curta a página no Facebook e siga no Twitter e Instagram

Melhores destinos de viagem

Bulgária

Quem indica: Susana Almeida, do Falar de Viagens

destinos-incriveis-bulgaria

O melhor destino que conheci foi sem dúvida o Egito! No entanto, na minha última viagem fui até a Bulgária e fiquei impressionada muito positivamente pelo país. A Bulgária fica na península dos Balcãs e faz fronteira com a Turquia, Grécia, Sérvia, Macedónia e Roménia. É um país muito pouco explorado em termos de turismo, principalmente do Ocidente, mas é um dos destinos que eu aconselho 100% a visitar em 2017! As pessoas são bastante simpáticas, a comida é fabulosa, as igrejas ortodoxas são maravilhosas e 1/3 do país são florestas! Quem quiser conhecer um pouco mais da Europa de Leste e de algumas das antigas repúblicas soviéticas, eu aconselho a Bulgária! Sabiam que o alfabeto cirílico, também chamado ‘alfabeto russo’, foi na realidade inventado na Bulgária?

Veja mais dicas no blog Falar de Viagens.

Lençóis Maranhenses

Quem indica: Karilayn Areias, do Kari Desbrava

destinos-incriveis-lencois-maranheses

Foto: #KariDesbrava

Os Lençóis Maranhenses são encantadores. Com certeza um dos lugares mais bonitos que já vi. Passear pelas dunas, se banhar nas lagoas e assistir o pôr do sol lá é um experiência única. Se tiver mais tempo, desbrave a capital do estado São Luís. Com muita cultura, São Luís também tem muita coisa para ser explorada.

Veja mais dicas no blog #KariDesbrava.

San Diego, nos Estados Unidos

Quem indica: Guaci Rhein, do Passeiorama

destinos-incriveis-san-diego

Foto: Passeiorama

Essa foi difícil! Aqui em casa temos nossos destinos favoritos, um pouco do nosso coração mora no Rio (terra do marido) e um pouco em Orlando (nossa cidade mágica!). Mas se teve um lugar que ficamos surpresos e totalmente encantados foi San Diego! Que cidade linda, limpa, organizada, com praias, clima agradável inclusive no alto verão! Agrada à todos, tem outlets, tem natureza, parques, mercados, restaurantes variados, moraríamos lá fácil! Essa foto é do pôr do sol em La Jolla Beach.

Veja mais dicas no blog Passeiorama.

Istambul, na Turquia

Quem indica: Carolina Belo, do Viajar Correndo

destinos-incriveis-istambul

A particularidade de Istambul começa na sua localização. Uma parte dela está na Europa e a outra na Ásia. A separação é feita pelo estreito de Bósforo. Inclusive, há um passeio de barco pelo local que é imperdível. Próximos aos barcos (Eminönü) estão o Bazar das Especiarias (ou Bazar Egípcio) e duas mesquitas (Nova e Sülemaniye). Subindo por uma rua atrás do bazar citado, chega-se ao Grand Bazar. Daqui é possível ir facilmente à Sultanahmet, uma praça onde estão Santa Sofia e Mesquita Azul. Próximos dela estão Hipódromo, Palácio Topkapi, Cisterna da Basílica e Museu de Arqueologia. Visitando o bairro de Beyoğlu é possível conhecer Torre Gálata, Praça Taksim, a badalada rua Istiklâl e o Palácio Dolmabahçe. Fora do Centro há o Miniatürk (miniaturas de locais do país), o Café Pierre Lotti (acesso por teleférico) e a Igreja de São Salvador in Chora (diversos afrescos e mosaicos do século XI). No lado asiático está a Estação de trem Haydarpasa, no estilo neoclássico alemão.

Veja mais dicas no blog Viajar Correndo.

Côte d’Azur, na França

Quem indica: Vaneza Narciso, do Vaneza com Z

destinos-incriveis-riviera-francesa

Foto: Vaneza com Z

Sou apaixonada pela França e sua cultura. Já fui três vezes e um dos lugares que mais amei conhecer foi a Riviera Francesa, conhecida como Côte d’Azur. É simplesmente um destino de sonhos. As cores sóbrias das casas, nas encostas do Mediterrâneo, contrastam muito bem com o azul do mar e as flores e árvores da região. São vilarejos tão charmosos, tão fofos que você não sabe se é sonho ou realidade. E como eu amo o mar, nem preciso dizer o quanto aproveitei os 5 dias para passar algumas horas me deliciando com a água não tão fria do final do verão. É possível conhecer até uns 8 vilarejos em 5 dias, assim visitei: Éze, Cannes, Grasse, Mônaco, Villefranche sur mer, Saint Jean Cap Ferrat, Beulieur sur Mer e Saint Paul de Vence, e tudo com transporte público que na época custava 1 euro. Este foi o meu destino favorito.

Veja mais dicas no blog Vaneza com Z.

Tailândia

Quem indica: Dayana Lole, do Lolepocket

destinos-incriveis-tailandia

Foto: Lolepocket

Quem bateu papo comigo, leu algum texto do blog ou viu meus vídeos do canal, já sabe: meu destino preferido de todos os tempos foi a Tailândia. Você que lê isso vai logo pensar: lógico, com aquelas praias maravilhosas, quem não ia, né? Tive a oportunidade de explorar o país de norte a sul no ano passado e simplesmente amei, mas esse não foi o motivo. Realmente, as praias são encantadoras. Diga-se de passagem, ainda brigo comigo mesma para decidir qual é a mais linda. Hoje, por exemplo, quem venceu a briga foi Poda Island. Provavelmente porque ela, quando esvaziada dos turistas que vão em tours durante a manhã e partem até o comecinho da tarde, fica uma calmaria só e acaba transmitindo o estado de espírito tailandês. Aí, você diz: se não foram as praias, foram os templos? A comida? Não, nada disso, apesar de cada um ficar no meu Top 5 mundial por agora. O que me conquistou mesmo foi o jeito tailandês de ser, sem pressa, em paz, focado única e exclusivamente no momento e… feliz da forma mais descomplicada possível. Numa das minhas visitas ao Santuário de Elefantes, tive a chance de conversar com o seu fundador, um ex-monge, que confirmou isso. Um segredo tão simples, mas tão eficaz. Chega de planos, o que vale é o agora. E, assim, a Tailândia ganhou seu espaço entre as minhas preferidas da vida.

Veja mais dicas sobre a Tailândia no blog Lolepocket.

Budapeste, na Hungria

Quem indica: Lilian Azevedo, do Uma Senhora Viagem

destinos-incriveis-budapeste

Foto: Uma Senhora Viagem

Pergunta dificílima de responder, pois tenho conhecido lugares maravilhosos. Mas sinto que deixei meu coração em Budapeste. Foi uma grande surpresa pois, no tradicional roteiro ‘Praga, Viena e Budapeste’, as indicações eram sempre no sentido de começar a viagem por Budapeste pois iria aumentando gradativamente o encantamento com as cidades, dando a entender que, entre as três, seria a menos bela. Budapeste é banhada pelo rio Danúbio, que confere um charme especial à cidade. Românticos passeios de barco são feitos pelo rio tanto de dia quanto de noite, alguns acompanhados de jantar. Imagine, que maravilha! Entre as várias pontes que ligam Buda, de um lado, a Peste do outro lado, algumas merecem destaque, como a Ponte das Correntes e a Ponte da Liberdade. O Bastião dos Pescadores, a Basílica de São Estevão, o Castelo de Buda, as Termas de Széchenyi, a Praça dos Heróis, a igreja de São Matthias, a Ilha Margarida, a Avenida Andrassy, a Ópera Estatal, o Grande Mercado, a Grande Sinagoga, as Termas de Géllert, as esculturas dos sapatos na beira do Danubio e muitas outras atrações encantam completamente aos visitantes. A cidade é limpa, segura e bem estruturada para o turismo e seu povo é simpático e acolhedor mesmo quando não fala inglês. Buda é linda e Peste é maravilhosa, por isso Budapeste é fantástica!

Veja mais dicas no blog Uma Senhora Viagem.

Montanhas Rochosas Canadenses

Livi Souza, do Baianos no Polo Norte

destinos-incriveis-montanhas-canadenses

Foto: Baianos no Polo Norte

Não existe outro lugar no mundo que eu tenha me apaixonado tanto quanto as Montanhas Rochosas canadenses. Sempre tive vontade de conhecer os parques que estão estampados em quase todos os livros de turismo do Canadá e quando finalmente consegui foi especial. Fiz a viagem com meu marido e filhas, dentro de um motorhome. Dirigimos de Banff a Jasper, por uma das estradas mais lindas do mundo, dormimos nos parques, caminhamos sobre uma geleira e vimos animas soltos caminhando do nosso lado. Um sentimento grandioso poder viver tudo isso, no meio daquelas montanhas enormes cobertas de neve e lagos incrivelmente azúis. A região é ideal para todos que curtem natureza e nem é preciso fazer trilhas para poder ver as principais atrações, está tudo ali na nossa frente, é só para o carro e olhar.

Veja mais dicas sobre as Montanhas Canadenses no blog Baianos no Polo Norte.

Encontre o melhor hotel para se hospedar em qualquer lugar do mundo! 
Você não paga nada a mais e ainda ajuda o blog:
    Booking.com

África do Sul

Quem indica: Flávia Zenke, do Viajando por Aí

destinos-incriveis-africa-do-sul

Cada destino é único com suas belezas e suas histórias. Mas, como acreditamos que sempre a última é a melhor, vou escolher a trip que acabamos de fazer para a África do Sul, aliás um país que superou as nossas expectativas. Muito além dos safáris, a África do Sul tem praias exuberantes, estradas de cair o queixo, paisagens inesquecíveis e um povo com super alto astral. Foram 13 dias mágicos que passamos ao longo da famosa “Garden Route”, visitando vinícolas centenárias e praias com pinguins, caminhando com elefantes, curtindo estradas a bordo de um sidecar da segunda guerra mundial, conhecendo o maior bungee jump do mundo, encarando leões, girafas e rinocerontes, subindo uma das sete maravilhas naturais do mundo e muitos outros sonhos realizados. Essa será sempre uma viagem da qual nos lembraremos com paixão!

Veja mais dicas no blog Viajando por Aí.

Eslovênia

Quem indica: Fernanda Prats, do Pratserie

destinos-incriveis-eslovenia

Sabe quando a gente ganha uma amostra grátis e fica tentada a comprar litros do perfume? Acho que isso resume bem o que senti ao passar um mês na Eslovênia. Pra começar, experimentei a altíssima qualidade de vida em sua capital, Liubliana. Depois, parti numa roadtrip para explorar o país – tão diverso em paisagens que é considerado uma Europa em miniatura! Na costa, em Piran, a gente se sente na Itália (que é logo em frente). A vizinha Áustria se insinua no artesanato e culinária. Já os centros urbanos lembram outras cidades europeias, com construções antigas e modernas, sempre cercadas de natureza. E o visual dos lagos… nunca vi igual. Conhecemos a região dos vinhedos, rodando pelas estradinhas de Kul-E-Bike (bicicleta motorizada e “cool”) e, na cidade de Maribor, o museu dedicado à mais antiga videira ainda em atividade DO MUNDO – tá no Guiness, gente! Sem falar nas delícias do festival de gastronomia Oprta Kuhna (“Cozinha Aberta”) às sextas em Ljubljana. Ainda bem que tivemos uma porção de atividades pra queimar as calorias extras: rafting, canoagem, tirolesa, e atravessamos as cavernas Skocjanske, uma versão subterrânea do Grand Cannyon. Foi maravilhoso ter tempo para descobrir cada cantinho desse destino. Pra ser sincera, tive que pesquisar onde ficava Liubliana quando li o nome pela primeira vez. Acho que muita gente no Brasil também nunca tinha ouvido falar ou, pelo menos, não imaginava que a Eslovênia tivesse tanto a oferecer.

Veja mais dicas no blog Pratserie.

Chapada Diamantina, na Bahia

Quem indica: Bárbara Calmeto, do Malas & Malinhas

destinos-incriveis-chapada-diamantina

Um dos destinos que mais gostei de conhecer foi a Chapada Diamantina.  O Nordeste é encantador com suas praias paradisíacas, dunas, ilhas e muito mais. Mas a beleza natural da Chapada Diamantina é diferente, são grutas, cachoeiras, cidades que encantam. Quem visita o local pode usar como bases de hospedagem e saída para o passeios as cidades de Lençóis e Mucugê. Eu indico como passeios obrigatórios Morro do Pai Inácio, Poço Encantado,  Poço Azul, Gruta da Pratinha, Gruta Azul, Igatu, Morimbus, Ribeirão do Meio, Cachoeira do Mosquito, Cachoeira da Fumaça e Fumacinha. Na maior parte desses passeios o acesso é tranquilo e fizemos um roteiro com crianças quando minha filha Beatriz tinha 4 anos. A foto é do pôr do sol visto de cima do Morro Pai Inácio.

Veja mais dicas no blog Malas & Malinhas.

E eu?

Sem nem pensar duas vezes: Paris. Eu nem sei explicar direito porque gosto tanto de Paris. Gosto mesmo antes de conhecer. Estudei francês, quis aprender a língua, assisti e assisto filmes, amo ler livros com histórias que se passem na cidade… Lembro de quando fui a primeira vez, quando o avião estava se aproximando, eu olhei pela janelinha e vi o Rio Sena, a Torre Eiffel, o Arco do Triunfo… Daqueles momentos que não dá para descrever e que, ainda hoje, me emocionam! Os pontos turísticos dispensam comentários! Lindos e monumentais. E ainda tem os parques, as construções todas, tão bom “se perder” andando pelas ruas… E tem os pães, os queijos, os vinhos, os chocolates! Sou daquelas que vê charme até no mau-humor francês, sabe? Vai entender…

destinos-incriveis-paris-franca

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Email this to someone