Reino do Chocolate em Gramado

“Dormiu pouco, sente-se mal? Chocolate fará você se animar. Como? Você não tem nenhum chocolate à mão? Minha querida, então como você vai viver?” (Marquesa de Sévigné)

Essa é uma das frases dos quadros que recepcionam os visitantes no Reino do Chocolate, em Gramado, num corredor cheio de muitas sabedorias sobre essa guloseima sem a qual, realmente, não dá para viver.

Uma das inovações desse local é a possibilidade de fabricar seu próprio chocolate totalmente personalizado. São vários formatos. Eu escolhi a tradicional barra. Meus afilhados, Thales e Carol, optaram por formatos diferentes, como dinossauros e corações. Há também várias opções de recheios. Depois, é escolhido o tipo de chocolate: branco ou ao leite? Fiz meio a meio. Para finalizar, o produto é levado ao túnel de refrigeração.

Curta a página do blog no Facebook!

Enquanto o chocolate fica pronto, os visitantes vão direto para a Máquina do Tempo. Luzes apagadas, chão trêmulo e, quando as portas se abriram, lá estávamos nós anos e anos atrás, em plantações de cacau, quando nossos antepassados estavam começando a descobrir que o fruto dessa árvore poderia se transformar em algo muito saboroso.

gramado-reino-do-chocolate-caracol

Quem nos acompanhou foi a Vanessa, que explicou passo a passo cada trecho desse caminho cheio de história, nobreza e cultura. É uma verdadeira viagem no tempo (e pelo mundo).

chocolate-gramado-coelho-gigante

Os cenários são cheios de detalhes e contam toda a história do chocolate, com personagens como o imperador asteca Montezuma, o descobridor espanhol Hernán Cortés, e povos Maias e Astecas. Alguns personagens se mexem e falam.

Outra coisa superinteressante é o coelho gigante esculpido em mais de 2,5 toneladas de chocolate, com valor avaliado em R$ 250.000,00 (só não comprei porque ia dar trabalho pra despachar no avião, sabe…).

No fim do percurso a gente volta aos tempos atuais, chegando em um delicioso espaço onde tem um Café todo temático, com cadeiras fofas em forma de xícaras, mesas em forma de tabletes e uma bela vista para a mata. Há também uma lojinha, com as mais diversas opções de chocolates.

chocolate-gramado-thalesPara que o Thales se comportasse bem, utilizei a “psicologia Willy Wonka”, dizendo que, assim como no filme “A fantástica fábrica de chocolate”, as crianças que comportassem mal sofreriam as consequências.

Ele, que viu o filme mais de uma vez, sabia bem quais eram e, de certa forma, acho que minha ideia funcionou.

Só depois de todo esse percurso é que a gente pega o chocolate fabricado lá no início. Achei uma experiência diferente! Porque não é simplesmente um passeio para conhecer a história ou saber como é feito. Tem toda essa parte cenográfica, que te faz mesmo entrar no clima.

E o fato de poder produzir o seu próprio chocolate dá, com o perdão do trocadilho, um gostinho especial. Acho que Willy Wonka ficaria orgulho de nós!

Reserve seu hotel em Gramado:

    
    Booking.com

Serviço:
chocolate-gramado-1Reino do Chocolate Caracol
Avenida das Hortênsias, 5382 – Estrada Gramado/Canela
Tel: (54) 3286-3588
Funcionamento: domingos às sextas de 8h30 às 18h30; sábados e feriados de 8h30 às 19h30

Para ler ouvindo:
https://www.youtube.com/watch?v=4Bt_T3lQBrQ

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Email this to someone