Rio de Janeiro com chuva: 8 programas para os dias de tempo fechado

rio-de-janeiro-com-chuva-dicas

Chegar ao Rio de Janeiro com chuva é realmente é uma pena, porque a grande maioria das atrações da cidade maravilhosa – não só as praias, mas pontos turísticos como Cristo Redentor, Pão de Açúcar, Jardim Botânico, entre outros – só são viáveis quando o tempo está aberto.

Mas a previsão do tempo às vezes parece ter enlouquecido, o que faz do verão carioca também um período de aguaceiros. Daí que é bem comum turistas estarem prontos para curtir uma praia e, de repente, São Pedro mandar aquele temporal. Keep calm e abra o guarda-chuva porque também tem muita coisa legal para fazer nos dias chuvosos. Dá só uma olhada nessa lista!

Curta a página do blog no Facebook!

Passseios no Rio de Janeiro com chuva

– Tomar um café na Confeitaria Colombo

 

Fundada há 120 anos no centro do Rio de Janeiro, mantém seu estilo original e foi tombada como patrimônio cultural e artístico. É um dos espaços mais bonitos da cidade, cheio de detalhes que deixam qualquer um de queixo caído.

rio-de-janeiro-com-chuva-confeitaria-colombo

Foto: Reprodução/Facebook Confeitaria Colombo

Isso sem falar no cardápio, que é todo maravilhoso! Minha dica é tomar um café da manhã, mas há também ótimas opções para lanches e almoço. É bom chegar cedo, pois costuma ficar lotado e, algumas vezes, com fila de espera. Quem não quiser mesa, pode fazer um lanche no balcão. Mas, se preferir sentar, entre antes e só faça o pedido depois – se pedir no balcão não pode mais entrar para a área das mesas.

Endereço: R. Gonçalves Dias, 32, Centro. Metrô: estação Carioca. Mais informações aqui.

– Conhecer o Museu do Amanhã e o MAR

rio-de-janeiro-com-chuva-o-que-fazer

O MAR (Museu de Arte do Rio) fica em dois prédios de estilos diferentes e suas obras do acervo contam um pouco a história da cidade, além de ter também exposições temporárias. De seu último andar – cujo acesso é gratuito – tem-se uma vista para a Baía de Guanabara.

Seu vizinho de frente é o Museu do Amanhã, um ambiente para explorar passado, presente e futuro. Definido como “um museu de ciências diferente”, o local oferece um percurso que vai da origem do universo à construção de amanhãs possíveis. Dica: compre o ingresso pela internet; há opção para cada museu ou um combo, que sai mais barato.

Endereços: Praça Mauá, 1 e 5. Metrô: estação Uruguaiana ou Cinelândia + VLT. Mais informações aqui.

– Ir ao Theatro Municipal

Mais um dos locais mais bonitos e tradicionais do Rio de Janeiro. Inaugurado há mais de um século, em 1909, é uma das mais importantes casas de espetáculos do Brasil e da América do Sul. Já passou por grandes reformas, restaurações e ampliações, mas sempre mantendo-se fiel ao projeto original, com muitos detalhes em ouro.

rio-de-janeiro-com-chuva-theatro-municipal

Oferece uma visita guiada de terça a sexta às 11h30, 12h, 14h,14h30, 15h e 16h, e aos sábados e domingos às 11h, 12h e 13h. Veja também a programação de espetáculos, alguns acontecem com preços populares.

Endereço: Praça Floriano, S/N, Centro. Metrô: estação Cinelândia. Mais informações aqui.

– Passear pelo CCBB

rio-de-janeiro-com-chuva-o-que-fazer

O Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB) tem entrada gratuita e sempre recebe exposições itinerantes superbacanas, algumas com filas que dão voltas no quarteirão e duram horas. Mas, geralmente, não fica tão cheio e é bem tranquilo de visitar, ótimo espaço inclusive para crianças.

As peças de teatro, com preços populares, também são muito concorridas (e sempre muito boas!)

Entre outras coisas – arte, cinemas, programação infantil, livraria, café, etc – , tem ainda o teto (ou rotunda, como preferir) mais lindo que já vi, especialmente quando observado do meio do térreo, como na foto ao lado.

Endereço: R. Primeiro de Março, 66. Metrô: estação Carioca ou Uruguaiana. Mais informações aqui.

– Fazer uma visita guiada ao Maracanã

rio-de-janeiro-com-chuva-maracana-visita-guiada

Foto: Reprodução/Facebook Tour Maracanã

O maior estádio do mundo e um dos mais famosos, foi palco da final das Copas de 1950 e 2014 (não que a gente tenha boas lembranças desses dois anos, mas…), além de sediar diversos outros campeonatos e decisões importantes.

É possível visitá-lo mesmo quando não há jogos. A visita pode ser ou não guiada. Elas acontecem diariamente de hora em hora, de 9h às 17h, e mostra os bastidores do estádio, vestiários, tribunas de imprensa e de honra, camarotes e parte do acervo.

Mas verifique as tabelas dos campeonatos regionais e nacionais, pois, se houver alguma partida, a emoção fica ainda maior.

Endereço: Av. Radial Oeste – Portão 1 – Maracanã. Metrô: estação Maracanã. Mais informações aqui.

– Visitar o Museu da República

O Palácio do Catete, hoje transformado em museu, foi a residência oficial dos presidentes quando o Rio de Janeiro ainda era a capital do país. Desde a entrada o local chama a atenção pela construção, linda por fora e por dentro, rica em detalhes, com todos os cômodos montados, mobiliário completo e outras informações.

rio-de-janeiro-com-chuva-o-que-fazer

É um ótimo passeio para quem gosta de revisitar locais que foram palco de acontecimentos importantes. Entre as muitas curiosidades dentro do museu estão a cama, a arma e o pijama usado por Getúlio Vargas ao se matar.

E há também, nos fundos, um grande jardim, com muito verde, um lago, uma gruta… além de ter um café, cinema e parquinho. Eventualmente acontecem apresentações culturais, principalmente de música.

Endereço: Rua do Catete, 153. Metrô: estação Catete. Mais informações aqui.

Encontre e reserve a melhor hospedagem no Rio de Janeiro:

    
    Booking.com

– Curtir a noite na Lapa

rio-de-janeiro-com-chuva-o-que-fazer

Foto: Studioprime/Divulgação

À noite, escolha um (ou vários) dos muitos bares fechados ou casas de shows da Lapa, bairro boêmio mais famoso da cidade. Todos os ritmos, estilos, e todos os tipos de pessoas, juntas e misturadas.

Entre os mais famosos estão o Circo Voador e a Fundição progresso, onde costumam se apresentar grandes artistas e bandas.

O Lapa 40 graus também é uma ótima opção, com vários ambientes – bar com música ao vivo, sinuca e boate onde às vezes têm shows. Se der sorte, pode até esbarrar no dançarino Carlinhos de Jesus, proprietário da casa que sempre aparece por lá.

Outros bons locais para dançar são o Rio Scenarium e o Democráticos. Para comer também há diversas alternativas de restaurantes, para todos os gostos e bolsos.

 

– Assistir a uma peça de teatro

Se preferir um programa mais cultural, o Rio de Janeiro possui muitas salas com peças em diferentes estilos, das mais populares às mais cults, com preços diversos.

Na Zona Sul, os principais estão no Shopping da Gávea e no Leblon. Na Barra da Tijuca, em alguns shoppings. E também nos Centros Culturais na região central.

Para ler ouvindo:

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Email this to someone