Vinícola Ravanello em Gramado (Rio Grande do Sul)

Muita gente que vai a Gramado aproveita a ocasião para fazer um tour pelas vinícolas da Serra Gaúcha em cidades vizinhas, como Bento Gonçalves ou Nova Petrópolis. São passeios que costumam durar o dia todo e, por isso, inviáveis para os que têm pouco tempo. Como eu só ficaria quatro dias (contando o da chegada, já à tarde), nem tinha pensado na possibilidade. Até que resolvi pesquisar sobre alguma vinícola mais próxima e cheguei ao site da Vinícola Ravanello, que fica em Gramado mesmo, apenas fora do perímetro urbano. Fiz contato com o Alexandre, um dos proprietários e filho do fundador, que me deu todas as informações, e agendei meu passeio.

VINICOLA-RAVANELLO-FRASEAs visitas guiadas à Vinícola Ravanello custam 20 reais por pessoa e acontecem de segunda a sábado em cinco horários: 10h, 11h, 14h, 15h e 16h. Além de conhecer todo o processo, desde a plantação das uvas (são cerca de 10 mil parreiras no local, mas não havia frutas, pois só nascem a partir de dezembro) até o engarrafamento, há ainda degustação de três vinhos. Para quem está no Centro de Gramado, um táxi até lá fica em torno de 25 reais. Eu aproveitei o dia que iria à Snowland, que fica exatamente em frente, e conjuguei os dois passeios. 

Já acompanha o blog nas redes sociais? 
Curta a página no Facebook e siga no Twitter e Instagram.

Ao chegar, fomos recepcionados pelo próprio Alexandre, que contou um pouco sobre a história da vinícola. Depois quem nos guiou foi o Juan, que começou explicando todos os detalhes da plantação, tipo de solo, cuidados necessários, colheita (que acontece entre os meses de janeiro e abril), etc. Em seguida entramos no ambiente onde ficam os tanques que fazem a fermentação (transformação do açúcar em álcool) , cujo processo é diferente para o vinho seco e o vinho suave. O passo seguinte é prensar o bagaço e  colocar o líquido nas barricas, que funcionam como um “amaciante”. Os vinhos da Ravanello, por serem finos, ficam nas barricas por um prazo que varia entre quatro meses (mais leve, frutado) até a um ano me meio e, por fim, vai para as garrafas.

Plantação, máquinas e barricas

Plantação, máquinas e barricas

São muitos detalhes, não teria como eu explicar tudo. Para quem gosta de vinhos ou mesmo para quem tem interesse em conhecer melhor sobre como a bebida é fabricada, o passeio é bem interessante. Eles também dão dicas de qual tipo de vinho combina com cada comida, além de responderem todas as dúvidas. E o local é maravilhoso, tanto a construção quanto a parte externa, com muito verde, lagoa… Parece cenário de novela de época!

vinicola-ravanello-gramado-2Encerrando a visita guiada, chega-se à loja de vinhos, que têm preços muito acessíveis, ainda mais depois que a gente já conheceu toda a qualidade com a qual eles são feitos. E aí, quem é que resiste a levar pelo menos uma garrafa? Tim-tim!

Serviço:
Vinícola Ravanello
Rodovia RS-235, 28 – Portico, Gramado/RS
Tel: (54) 9668-6400

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Email this to someone