Projeto “Você é o que lê” viaja o país falando sobre livros e literatura

voce-e-o-que-le-projeto-literatura

Eu soube do Você é o que lê pelas redes sociais da atriz e jornalista Maria Ribeiro, que já sigo há muito tempo, e fui logo fuxicar porque me pareceu interessante. Sou leitora compulsiva, adoro literatura e tudo o que diz respeito a livros eu gosto de acompanhar.

O projeto – formado também pelo meu muso Xico Sá e pelo ator e humorista Gregório Duvivier – é um bate-papo sobre livros, hábitos de leitura e literatura no mundo contemporâneo. Eles viajam o Brasil, passando por diferentes cidades e contando também com a participação de convidados, mediadores e apresentações musicais.

Logo comecei a seguir o perfil para ver as dicas (sempre ótimas) de livros, as opiniões dos três (que também são escritores) sobre alguns títulos, e para saber quando aconteceria presencialmente no Rio de janeiro…  Na primeira data eu não estaria na cidade ou não ia poder, não me lembro. Mas, recentemente, o trio maravilha esteve novamente por aqui e eu é que não ia perder a chance de estar presente!

Curta a página do blog no Facebook!

Você é o que lê no Rio de Janeiro

O papo no Rio aconteceu no tradicional Teatro Rival Petrobrás e foi ótimo. Eles falam sobre o mundo da leitura como espelho do mundo contemporâneo e da influência da literatura na vida deles (e na de todos nós, porque cada pessoa certamente vai se identificando em algum ponto).

Durante a conversa, superdescontraída – que teve também pitadas de humor e discussões sobre temas como política, redes sociais, entre outros – eles falaram de como diferentes autores marcaram várias fases de suas vidas e suas trajetórias como artistas e escritores. Para encerrar, um pocket show delicinha com Rodrigo Maranhão. E os três ainda atenderam ao público, tirando fotos e autografando livros.

A agenda é sempre divulgada nas redes sociais – Instagram e Facebook (tem também um canal bem bacana no Youtube). Vale a pena acompanhar!

Os encontros acontecem em diversos lugares, voltados para diversos públicos. Pode ser em um teatro, em uma comunidade, em um shopping, uma livraria…  Sempre gerando aprendizado, tirando a literatura do pedestal, estimulando novos leitores e buscando fortalecer o hábito da leitura no Brasil.