9 dicas para melhorar suas fotos nas viagens (e na vida)

dicas-para-tirar-fotos-melhores

Sempre gostei (e gosto!) muito de fotografar. Estou sempre me informando a respeito e tentando melhorar cada vez mais, mas estou longe de ser uma expert. Por isso essas dicas aqui não são para dizer como você deve posicionar sua câmera, que tipo de enquadramento fica melhor, como encontrar a luz ideal ou coisas do tipo. O que listei neste texto são algumas dicas do “pré-foto” para quem tem esse hobby e quer conhecer mais e colocar em prática na hora de fazer os registros, mesmo que seja com o celular. Coisas simples, mas que funcionam para mim e talvez possam ser úteis para você também.

Curta a página do blog no Facebook!

Como tirar fotos melhores

Leia

A teoria muitas vezes ajuda a melhorar a prática. O livro “Redescubra a fotografia” (Demetrius Fordham) tem 50 dicas para aprender novas técnicas e truques. Recebi recentemente um exemplar enviado pela Editora GG e achei ótimo porque é uma linguagem leve, com dicas para aguçar a curiosidade e se inspirar, jeitos diferentes das regras tradicionais, além de propor exercícios práticos simples de serem feitos. Outra dica de leitura, da mesma editora, é “Breve história da fotografia” (Ian Haydn Smith), esse não com dicas, mas abordando desde os primeiros experimentos no século XIX até a fotografia digital na atualidade. Adorei a leitura e acho que conhecimento sempre agrega!

dicas-para-tirar-fotos-melhores-livros

Colecione inspirações

Crie um mural com imagens que você gosta, sejam recortadas de jornais e revistas ou mesmo um painel virtual. O Pinterest é uma boa rede para quem quer se inspirar. Dá para fazer uma pasta só de fotografias bacanas ou mesmo separar por determinados estilos ou padrões. O Instagram também permite salvar as favoritas e criar pastas para isso.

Viaje

Além de todas as coisas positivas que uma viagem traz para nossas vidas, estar em um destino diferente muda a forma como vemos o mundo e as outras pessoas. Isso dá mais inspiração, mais vontade de capturar cada momento e cada cenário daquele lugar, o que acaba refletindo no resultado. E não é preciso ir longe! Um bairro diferente ou um local que ainda não visitou na própria cidade já são capazes de surtir esse efeito. O mais importante é que seja um ambiente totalmente novo!

Baixe aplicativos

A tecnologia é uma aliada na hora de melhorar as imagens. Um aplicativo que gosto demais é o Snapseed – disponível para Android e iOS. Primeiro porque ele é gratuito. 🙂 Mas, principalmente, porque ele é facinho de mexer e funciona bem. Dá para adequar brilho, contraste, etc, na foto toda, ou escolher a ferramenta pincel e usar em pontos específicos, com o dedo mesmo, deixando, por exemplo, o céu mais azul, as cores mais nítidas, a imagem mais clara, como você desejar.

Faça cursos

Não precisa ser nada profissionalizante ou que demande muito tempo/dinheiro. Hoje em dia há várias opções de cursos livres, que são mais rápidos e mais baratos, como a “Saidinha fotográfica” no Rio de Janeiro. São dicas para melhorar as fotos, seja com câmera ou mesmo com o celular, durante um passeio de 3h por lugares lindos da cidade, finalizando com um choppinho assistindo ao pôr do sol. E, de quebra, a fotógrafa ainda faz uns cliques profissionais do aluno, para levar de recordação.

dicas-para-tirar-fotos-melhores-curso-rio-de-janeiro

Foto: Lu Mattos

Tenha paciência

Já diz o velho ditado, a pressa é inimiga da perfeição. Portanto, nada de chegar e fazer um clique rápido (sou mestre nisso e estou me policiando para mudar). Pare, observe, organize e, com calma, faça suas fotos. Esperar o melhor momento, a luz mais adequada, entender o ângulo que mais favorece, a posição da pessoa ou objeto fotografado, tudo isso são pequenos detalhes que fazem a diferença.

Volte ao básico

Você com certeza já deve ter reparado que, ultimamente, a gente fotografa tudo, é algo quase automático. A qualquer momento basta tirar o celular e registrar. Isso tem suas vantagens. Mas, no passado, quando as fotos eram feitas na câmera, com um filme que às vezes tinha só 12 poses, cada imagem precisava ser bem pensada antes de ser clicada, não dava para desperdiçar. Treinar com uma máquina de filme pode ser uma boa forma de voltar a ter esse olhar mais apurado. Ou revelar (imprimir) algumas, mesmo que digitais, e observar o resultado.

Compare

Vale pegar fotos que você mesmo fez no passado para comparar com as feitas hoje ou em outra época. E, também, ver fotos de profissionais… Lembra do mural de inspirações? Pode ajudar aqui também! Depois, vá tentando fotografar os mesmos lugares, seja do mesmo jeito/ângulo ou de um bem diferente, e percebendo sua evolução.

E pratique, sempre!

Não há forma melhor de se aperfeiçoar do que fazendo, errando, fazendo novamente, observando os erros, fazendo novamente e por aí vai, até acertar ou encontrar o seu estilo.

* Foto principal: eu clicando o Cristo e a Kari, do blog Kari Desbrava, me clicando! 🙂

 

Não se esqueça dos parceiros do "Mariana Viaja" ao organizar sua viagem!
- Encontre e reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo pelo Booking sem pagar nada a mais por isso! - Em destinos internacionais o seguro é obrigatório, compare preços pela Real Seguros e escolha o que melhor te atende. - Para estar com internet no celular durante toda a viagem, mesmo fora do Brasil, adquira um chip da EasySim4u. - Vai viajar sozinha? Baixe o ebook com dicas que vão te ajudar no planejamento!