Santa Teresa, o bairro mais charmoso e boêmio do Rio de Janeiro

o-que-fazer-santa-teresa-rio-de-janeiro

Santa Teresa é um bairro delicinha no Rio de Janeiro. Cheio de bares, de restaurantes, de arte e de cores, também é palco de manifestações culturais e políticas. É quase como se fosse uma outra cidade, uma vila, um lugar com uma atmosfera diferente e muito agradável. Vale muito a pena incluir no roteiro – e mesmo quem é morador e ainda não conhece, vale conhecer. Para já se programar, listei aqui cinco passeios para fazer em Santa Teresa.

Por estar localizado no alto de uma colina, o acesso pode não ser tão simples, apesar de estar perto do Centro, da Lapa e de bairros do início da Zona Sul, como Glória e Catete. Há linhas de ônibus, mas acho que a melhor forma e mais segura é pegar um táxi ou Uber para subir ou ir de Bondinho e, por lá, circular a pé contemplando as belas construções e andar pelas ruas, especialmente no Largo dos Guimarães e no Largo das Neves, que são as duas regiões mais frequentadas.

Acompanhe o blog também no Facebook!

O que fazer em Santa Teresa: 5 dicas

1- Conhecer o Parque das Ruínas

Um dos passeios que mais recomendo em Santa Teresa, fica na Rua Murtinho Nobre n° 169. O local foi um antigo palacete, frequentado por intelectuais e artistas no passado, hoje funciona como um centro cultural voltado à produção e difusão de diferentes formas de expressões artísticas. Tem espaço para exposições, teatro, artes em geral, jardins, um sambinha rolando, uns bons drinks…

Além da construção, que foi restaurada, mas mantém a estrutura das ruínas da mansão e as paredes de tijolinhos. Tem, também, um mirante com vista panorâmica para a Lapa de um lado e para o Pão de Açúcar do outro. Entrada gratuita.

o-que-fazer-santa-teresa-rio-parque-das-ruinas

2- Comer no restaurante Espírito Santa

Dica para comer no bairro de Santa Teresa é este restaurante de cozinha brasileira contemporânea explorando produtos da Amazônia, sob o comando da chef Natacha Fink. O espaço é incrível, funciona em um casarão centenário e tem uma decoração que de cara já me ganhou. Tem mesas também na parte externa.

E os pratos, nem sei o que dizer! Difícil falar de comida, né? Sei que era cada um melhor que o outro, tudo tão diferente e tão saboroso. O Espírito Santa fica na Rua Almirante Alexandrino, n° 264.

o-que-fazer-no-rio-de-janeiro-santa-teresa-restaurante

3- Andar de Bondinho

Falei dele acima como meio de transporte, mas é, também, um passeio turístico. O bondinho foi inaugurado em 1896, quando os bondes eram um meio de transporte comum na cidade. O de Santa Teresa virou um ícone do Rio e permaneceu em operação mesmo quando a circulação dos outros acabou, no fim da década de 60 (com algumas interrupções, mas sempre acaba voltando). Ainda hoje mantém o mesmo estilo dos originais.

Sai a cada 30 minutos do Centro (estação na Rua Lélio Gama, próxima ao metrô Carioca) e vai até o Largo dos Guimarães, passando por cima dos Arcos da Lapa. Custa R$ 20,00 ida e volta.

o-que-fazer-santa-teresa-rio-bondinho

Foto: Bruna Prado/MTur – ACERVO RIO DE JANEIRO – TUVA EDITORA

4- Subir ou descer a Escadaria Sélaron

São mais de 200 degraus de Santa Teresa até a Lapa (Rua Joaquim Silva) e é uma obra incrível, construída com restos de azulejos e cerâmicas de diferentes cores e estampas que formam um enorme mosaico. O artista responsável foi o chileno radicado no Brasil Jorge Selarón (falecido em 2013), que começou a obra na década de 90 para dar uma nova cara à escada em frente à sua casa que estava em péssimo estado de conservação. Ele usou azulejos recolhidos nas ruas, doados por visitantes e alguns pintados por ele, trocando com frequência para que a arte estivesse em constante evolução.

o-que-fazer-santa-teresa-escadaria-selaron-rio

Foto: Marshallhenrie [CC BY-SA 4.0], via Wikimedia Commons

5- Fazer um happy hour

E já que o bairro é boêmio, outra ótima pedida é fechar o dia com um happy hour em um dos muitos bares de Santa Teresa, como os tradicionais Bar do Mineiro (Rua Paschoal Carlos Magno, 99), Bar do Gomes (Rua Áurea, 26), Bar dos Descasados (R. Felício dos Santos, 15) e Café do Alto (Rua Dias de Barros, 2A).

Em algumas datas há eventos como o Santa Teresa de Portas Abertas, em que ateliês expõem suas obras, ou feiras gastronômicas, blocos de carnaval, entre outros, que deixam as ruas mais animadas.

o-que-fazer-santa-teresa-rio-ruas

Arte nas ruas de Santa Teresa

Onde ficar em Santa Teresa

Se a ideia é se hospedar em Santa Teresa, não faltam opções, dos hotéis de luxo muito sofisticados aos hostels descolados e mais baratos. Veja algumas sugestões (e clique nos nomes para ver mais fotos, informações e fazer sua reserva): Mama Shelter | MGallery | Villa Teresa | Sant’ Martre | Hostel Santa Terê | Mambembe Hostel

Mais opções de hospedagem no Rio de Janeiro
Encontre e reserve pelo Booking:

Para ler ouvindo:

* Alguns destes passeios foram realizados durante a viagem que fiz a convite da Secretaria Estadual de Turismo do Estado do Rio de Janeiro e ao Sebrae-RJ. 

Foto principal: Henrique Freire / GovRJ [CC BY 3.0 br], via Wikimedia Commons

Não se esqueça dos parceiros do "Mariana Viaja" ao organizar sua viagem!
- Encontre e reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo pelo Booking sem pagar nada a mais por isso! - Em destinos internacionais o seguro é obrigatório, compare preços pela Real Seguros e escolha o que melhor te atende. - Para estar com internet no celular durante toda a viagem, mesmo fora do Brasil, adquira um chip da EasySim4u. - Vai viajar sozinha? Baixe o ebook com dicas que vão te ajudar no planejamento!
Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email