Sorria, você está na Bahia! Dicas para um fim de semana em Salvador

Quando resolvi passar um fim de semana em Salvador, meu objetivo era conhecer a cidade fazendo um basicão dos pontos turísticos. Optei por não ir às praias, apenas a outros lugares que queria conhecer. Portanto, vou ficar devendo informações nesse quesito litorâneo. Mas a decisão logicamente economizou tempo e me permitiu focar somente no que considerei essencial, afinal foram apenas dois dias na terra do axé, do acarajé, do sincretismo religioso e de tantas outras coisas que eu adoro…

Curta a página do blog no Facebook!

O que fazer em Salvador

Farol da Barra

No Farol da Barra a gente deita e rola – minhas referências baianas são tão musicais… 😛 Mas é impossível não se lembrar dessa música né? Queria subir lá no alto, mas estava fechado no dia porque o tempo não estava bom. Tem também a visita ao museu térreo.

fim-de-semana-em-salvador-farol-da-barra

De qualquer forma, a parte externa rende belas fotos e de lá se tem uma vista linda do mar. Fora que aos domingos fica cheio de gente caminhando, pedalando, um ambiente bem bacana. É um dos principais pontos turísticos de Salvador e um dos cartões-postais da cidade.

Pelourinho

Fica no Centro Histórico e é cheio de ladeiras, o que não é um problema pra quem vem de Minas Gerais, mas pode cansar os menos acostumados. Bom que dá para tornear as pernas enquanto faz turismo!

Lá os escravos eram expostos e castigados. Foi lá também que Michael Jackson gravou seu clipe de “They don’t care about us” com o Olodum que, aliás, faz ensaios de vez em quando por lá. E tem um Michael em tamanho natural em uma das sacadas.

fim-de-semana-em-salvador-pelourinho

Olha o Michael Jackson ali na sacada azul à esquerda

Com arquitetura barroca, o local abriga belas construções e diversas igrejas, algumas delas famosas, como a da escadaria onde foi gravado o filme (ou era série?) “O pagador de promessas”.

Dica amiga: fuja dos guias, vendedores de rua e afins. Quando te abordarem, ignora e segue em frente (mapinha na mão, tá).

fim-de-semana-em-salvador-igreja-pelourinho

Museu Jorge Amado

Não é exagero se eu disser que leio Jorge Amado desde criança. Minha mãe lia e eu pegava para ler também. Depois que ele morreu, busquei também a obra da sua esposa, Zélia Gattai e sou apaixonada por ambos.

A Fundação Casa de Jorge Amado, que fica no Pelourinho, tem parte do acervo deles e conta um pouco da história. Menor do que eu esperava, mas amei conhecer!

fim-de-semana-em-salvador-museu-jorge-amado

Elevador Lacerda

Liga a Cidade Alta à Cidade Baixa. Sim, Salvador tem “dois andares” e foi criado inicialmente para transportar mercadorias. Baratinho e rapidinho, é legal para quem está no Pelourinho (quantas rimas involuntárias! rs) e quer ir para a outra parte. Do lado do elevador é onde se tira umas fotos bem bonitas, pegando o próprio e o Mercado Modelo lá embaixo.

fim-de-semana-em-salvador-elevador-lacerda

Mercado Modelo

E por falar em  Mercado Modelo… Localizado na Cidade Baixa, logo na saída do Elevador Lacerda, ele é um centro de artesanato local, com um monte de opções de souvenirs da cidade.

Também vende doces típicos, temperos, além de ser um ponto turístico praticamente obrigatório. O tipo de lugar onde eu sou capaz de passar horas e me esquecer do limite do cartão da vida!

fim-de-semana-em-salvador-mercado-modelo

Igreja do Nosso Senhor do Bonfim

Fui num domingo e, quando cheguei, a missa estava terminando. Logo uma outra começaria. Para quem gosta de assistir, é bom olhar os horários no site.

A construção é belíssima, mas o mais lindo de lá é a grade que cerca a igreja tomada pelas fitinhas coloridas, que cada pessoa amarra ao fazer um pedido. Tem a cara do sincretismo religioso baiano, adoro!

fim-de-semana-em-salvador-igreja-nosso-senhor-bonfim

Dique do Itororó

O local é um espaço de lazer, um parque aberto cheio de árvores, restaurantes, brinquedos… Há um lago enorme, onde há grandes esculturas representando alguns orixás. Bem próximo fica também o Estádio da Fonte Nova, o mais importante do Estado, mas estava fechado e não visitei.

fim-de-semana-em-salvador-dique-itororo

Estátua de Jorge e Zélia

Fica localizada na Praça de Santana, no bairro do Rio Vermelho, onde eles moravam. Em um banco de praça, a estátua de Jorge Amado e Zélia Gattai em tamanho real, com Fadul, o cachorrinho deles, é parada obrigatória para os fãs dos escritores.

fim-de-semana-em-salvador-jorge-e-zelia

Fazendo carinho no Fadul =)

Onde se hospedar

Eu fiquei na Pousada Ninho, bem perto do Farol da Barra, achei a localização ótima. É uma pousada simples, mas confortável. Meu quarto era individual (casal), com banheiro. Tem café da manhã também e um ótimo atendimento. Gostei bastante. Acho que essa região é uma boa referência de lugar para ficar e há muitas opções de hospedagem em Salvador por lá.

Pesquise outros hotéis e reserve pelo Booking sem pagar nada a mais por isso!

    
    Booking.com

O que ainda não consegui fazer

Ir à Casa do Rio Vermelho, onde Jorge e Zélia viveram (aquelas obcecadas) e ao Museu de Arte Moderna, de onde dizem que o pôr do sol é lindo (pena que no dia uma chuva forte me pegou no caminho).

Para ler ouvindo:

Não se esqueça dos parceiros do "Mariana Viaja" ao organizar sua viagem!
- Encontre e reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo pelo Booking sem pagar nada a mais por isso! - Em destinos internacionais o seguro é obrigatório, compare preços pela Real Seguros e escolha o que melhor te atende. - Para estar com internet no celular durante toda a viagem, mesmo fora do Brasil, adquira um chip da EasySim4u. - Vai viajar sozinha? Baixe o ebook com dicas que vão te ajudar no planejamento!