castelo-de-sao-jorge-lisboa

Castelo de São Jorge em Lisboa: 10 séculos de história

Esse post faz parte da blogagem coletiva #CastelosPeloMundo, com vários blogs falando sobre diferentes lugares. Os links com os textos dos demais participantes estão no fim do post.  Eu escolhi falar do Castelo de São Jorge em Lisboa, um dos lugares que mais me impressionou durante minha viagem a Portugal.

Aqui no Brasil, quando a gente pensa em cidades históricas, o que vem à cabeça é Ouro Preto, Tiradentes, Paraty, alguns lugares na Bahia ou Pernambuco. Cidades do período do ciclo do ouro que mantiveram suas características ao longo dos anos. Elas foram construídas por volta do século XVI, com a colonização portuguesa. Parece muito tempo. E é!

Mas essa percepção muda quando a gente vai a Portugal… Porque quando a história brasileira estava começando a ser escrita, Portugal já era um país estruturado (dentro dos padrões da época), já trabalhava com embarcações, expedições, mapas e conquistas territoriais. E já tinha, nessa época, construções consideradas antigas, com a mesma “idade” das que temos aqui hoje. Então quando eu disser que o Castelo de São Jorge é um lugar histórico, não é para termos a referência das nossas cidades históricas. É algo muito, muito além disso.

Já acompanha o blog nas redes sociais? 
Curta a página no Facebook e siga no Twitter e Instagram.

História do Castelo de São Jorge

A construção, que teve início no século XI, é uma das mais importantes e mais visitadas do país. Por isso é  impossível falar da história de Lisboa e de Portugal sem falar no Castelo de São Jorge.  Entrar lá é fazer uma viagem no tempo!

castelo-de-sao-jorge-lisboa-torres

Foram os muçulmanos que começaram a erguer a fortificação, que era o último reduto de defesa para as elites da época. Em 1147, com a coquista de Lisboa pelo primeiro rei de Portugal, teve início seu período áureo e os espaços foram ampliados para acolher os membros da Corte. No século XII foi transformado em paço real pelos reis portugueses e passou a receber personalidades ilustres e a sediar festas.

De 1580, com a integração de Portugal na Coroa de Espanha, até o início do século XX, teve uma função mais militar. Até que no período de 1938 a 1940, com as obras de restauro, foram redescobertos o castelo e os vestígios do antigo paço real, o que fez com que o local voltasse a ter a imponência do passado, sendo a partir de então aberto a todos.

Como a construção foi feita na parte mais alta da colina, tida como a de mais difícil acesso na época, o Castelo pode ser visto de vários pontos da cidade – e a vista panorâmica de lá é demais! Nas duas fotos abaixo, o Castelo visto do Miradouro de Santa Justa e o Miradouro de Santa Justa visto do Castelo.

castelo-sao-jorge-lisboa-vista-2

castelo-sao-jorge-lisboa-vista

O que ver

Tive a companhia da relações públicas do local, Susana Repolho, que foi minha guia e enriqueceu meu passeio com muita história e muitas informações. Quem preferir fazer uma visita guiada, basta se informar na recepção, há diversos horários ao longo de todo o dia.

castelo-de-sao-jorge-lisboa-torres

O Castelo por si só já faz valer o passeio, a construção é monumental e linda. São nada menos que cinco torres! A mais importante é a chamada “Torre de Menagem”, onde se hasteava o símbolo real  – hoje, a bandeira de Portugal. E tudo conservado, bem cuidado, arborizado, realmente um lugar incrível de se visitar!

É possível ver também uma exposição permanente com um acervo de mapas e objetos que mostram as múltiplas culturas que contribuíram para a construção de Lisboa; os sítios arqueológico com vestígios de construções de períodos diferentes da história (os mais antigos datam do século VII a.C.!); vestígios do antigo Paço Real da Alcáçova; e a câmara obscura, que mostra a cidade em tempo real através de um sistema de lentes e espelhos. É muito legal! E tudo muito interessante. Há ainda o Café e Restaurante Casa do Leão.

castelo-de-sao-jorge-lisboa-arqueologico1

castelo-de-sao-jorge-lisboa-arqueologicos2

castelo-de-sao-jorge-lisboa-museu

castelo-de-sao-jorge-lisboa-museu2

Um dos granes destaques é a vista que se tem de lá: grande parte da cidade de Lisboa, o Rio Tejo, a Ponte 25 de Março… E ainda dei sorte de pegar um dia com o tempo superaberto, céu azul, o que deixou o visual ainda mais bonito!

Vale a pena reservar um tempinho no início ou no final do passeio para ficar na muralha observando!

castelo-de-sao-jorge-lisboa-vista

Como chegar

Eu adoro caminhar pelas cidades e, sendo possível ir a pé a um lugar, essa certamente é minha escolha. É claro que vai depender de onde cada um está hospedado. Da região da Baixa/Chiado é bem fácil graças ao Elevador do Castelo, conjunto de dois elevadores gratuitos que ajudam a chegar à parte alta.

O primeiro fica na Rua dos Fanqueiros n º 176 e leva ao Largo Adelino da Costa onde, um pouco à esquerda, fica o supermercado Pingo Doce, onde está o segundo elevador, que já deixa bem perto da entrada do Castelo. Ao sair dele é só seguir as placas ou o fluxo. Indiquei todos esses lugares no mapinha abaixo. Não tem erro, mas prepare-se porque é uma subidinha. A entrada fica dentro de uma vila, que tem um monte de casinhas fofas!

castelo-sao-jorge-lisboa-vila

Serviço:
Castelo de São Jorge
Endereço: Rua de Santa Cruz, 1100-129
Funcionamento: 9h às 21h (março a outubro) e 9h às 18h (novembro a fevereiro)
Valor da entrada:  8,50 euros.
Mais informações no site oficial.

Castelos pelo mundo

Confira os textos e dicas dos demais participantes da blogagem coletiva!

ViajonáriosInglaterra: 10 castelos para visitar a partir de Londres

Atravessar FronteirasVisitando o Castelo de Malahide, na Irlanda

Uma Viagem DiferenteCastel Sant’Angelo em Roma

Vem pro Parque O Castelo mais colorido do Brasil: o Castelo das Nações, no Beto Carrero World 

Viajar correndoBurg Eltz, um castelo medieval na Alemanha

Contando Destinos5 Castelos de Contos de Fadas para conhecer na Alemanha 

Asas Pra Que Te QueroEscócia: conheça o mal-assombrado Castelo de Edimburgo

Destinos por onde andei…8 Castelos pelo Mundo que Valem a Pena Conhecer! 

Cantinho de NáCastelo de Neuschwanstein – veja porque inspirou Walt Disney

Tá indo pra ondeTudo sobre o Castelo Sforzesco em Milão! 

TripBabyCastelos de Portugal 

Ligado em ViagemCastelo de Ettlingen no Estado de Baden-Württemberg na Alemanha

Caixa de ViagensCastello di Pavone – um castelo para se hospedar na Itália

Trilhas e Cantos 10 Castelos para Conhecer na Europa

Viagens de Mãe A Suíça e seus castelos

Turista FullTime 21 castelos europeus que vão fazer você amar as aulas de História!

Do RS para o MundoCinco castelos franceses e um brasileiro

Vou pra RomaVisite o Castelo Sant’Angelo em Roma grátis

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook9Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Email this to someone

30 thoughts on “Castelo de São Jorge em Lisboa: 10 séculos de história

  1. Puxa, Mariana… ler seu post me fez sentir uma dor no coração de ter estado na cidade e não ter ido conferir o castelo (em 2010, eu ainda não era blogueira!). Vou ter que voltar e seu post vai ser valioso. Abraço!

  2. Nossa, Mariana… penso como você sobre essa questão do tempo. Sempre, viajando pela Europa, penso nisso: o Brasil estava sendo descoberto e aqui já tinha isso! É realmente fantástico! E infelizmente, quando fui a Lisboa, não visitei o Castelo de São Jorge por estar com minha filha ainda bebê. Lendo seu post bateu um arrependimento e aquela vontade de voltar pra poder ver tudo isso! 🙂

  3. Mariana, esse castelo é demais, né? A primeira vez que fui lá eu ouvia uma música beeeeem longe. Eu estava na parte mais alta dele. Quanto mais descíamos, mais a música se aproximava de nossos ouvidos. O dedilhar das cordas do violão aos poucos tomou todo o castelo. Quando avistei o músico, ele, solitário e de olhos fechados, dedilhava Ave Maria… Arrepio só de lembrar e encho os olhos d’água! Foi muita emoção naquele momento, o que tornou essa visita inesquecível! Ah, e era final de tarde. Ou seja: perfeito!

  4. Você acredita que eu não consegui visitá-lo ainda? Nem o Castelo de São Jorge , nem o Mosteiro dos Jerônimos.
    Vou ter que ir novamente para Portugal, e priorizá-los.
    Parabéns pelo post.

  5. Oi Mariana! Achei muito legal a sua introdução comparando o sentido que as cidades históricas têm para cada país… Eu nunca tinha parado para questionar isso… Obrigada pelo momento reflexão…
    Não conheço Portugal ainda, mas tenho lido muito sobre esse país. Realmente, esse castelo é muito importante e está na lista para visitar. Ele é bem imponente, né? Foi ótimo ler seu post para saber sobre a história dele. Parabéns!!!
    Um super beijo,
    Carolina

  6. Amei o Castelo de São Jorge, em Lisboa, que mirante lindo ele tem, a vista é realmente impressionante, vale a subida. E a região onde ele fica é o máximo, cheia de lojinhas, bares e restaurantes, adorei!!!

  7. Ai que saudade de Lisboa… o Castelo de São Jorge tem um lugar especial em minhas memórias, foi o primeiro ponto turístico do nosso roteiro em nossa primeira viagem à Europa. A vista lá do alto é linda, lembro que ficamos encantados apesar do cansaço de uma noite viajando, mas valeu demais. Imagino que sua visita foi especial sendo acompanhada pela relações públicas, vi no seu texto que foi uma verdadeira aula de história, que maravilha. Quero voltar à Lisboa e com certeza ao castelo, sei que terei outros olhos agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *