O curioso caso de viajantes que conheceram o mundo, mas não entenderam nada
viajantes-conheceram-o-mundo-nao-entenderam-nada
  “Viajar expande a mente e o espírito”. (A. C. Grayling, filósofo britânico) Quando resolvi viajar com meus afilhados pela primeira vez, mais do que proporcionar momentos de lazer e diversão, o que eu queria era mostrar a eles o diferente. Outros sotaques, outras modas, outras cores de pele. É o que amo e aconselho a todos: sair do próprio mundo, perceber o quanto há além. Porque é assim que os julgamentos ficam pequenos e a empatia cresce. Nem é...

Read More

Para o Rio, com carinho – minha carta de despedida
carta-de-despedida-rio
Quando você ler esta carta eu já estarei longe. Preferi assim. Acho que dói menos. Apesar de saber que, talvez, ainda possa doer por um tempo. Porque foi tudo muito forte! Sabe, eu senti algo diferente desde a primeira vez que a gente se viu. Ou melhor, que eu te vi... Porque nem sei se você me notou. Você, tão importante, tão conhecido, tão querido por todo mundo. Eu, ainda aquele bichinho do mato. Foi um olhar rápido, meio que...

Read More

Não dá tempo pra tudo (e tudo bem)
nao-da-tempo-pra-tudo-1
"Dá pra fazer tudo. Tudo que falta." Esse era o trecho de um poema do Oswaldo Montenegro que achei num blog dele bem na época que vim morar no Rio de Janeiro e lá se vai quase uma década... Para mim era o máximo estar vivendo numa cidade onde tudo acontecia. Todo fim de semana tinha pelo menos um grande show, um grande evento. Sempre uma exposição maravilhosa ou mais de uma simultânea, até. Festival de Cinema, de Teatro, dezenas...

Read More

Não assisti a nenhum dos filmes indicados ao Oscar, e daí?
gloria-pires-oscar
Na cerimônia de entrega do Oscar de 2016 eu, do sofá da minha sala, acompanhei tudo atentamente, comentando no Twitter e no Facebook sobre os indicados, minhas apostas, minhas preferências. Assisti até o fim. Muito, confesso, pela expectativa de ver Leonardo di Caprio receber a estatueta como melhor ator, aquela que ele devia ter recebido lá no século passado quando se afundou com o Titanic sendo que havia espaço da tábua da Rose, mas enfim... A transmissão tinha como comentarista...

Read More

Turistas são os outros – ou a síndrome do viajante que se acha diferentão
turistas-sao-os-outros-viajante-diferentao
A frase "O inferno são os outros", do filósofo francês Jean Paul Sartre, significa que a gente tende a ver nos outros os problemas e erros que não conseguimos enxergar em nós mesmos. E acho que isso também se aplica muito bem a alguns viajantes. Pelo menos é o que eu penso quando vejo (e tenho visto com uma certa frequência) alguém dizendo que a cidade ou o ponto turístico eram ótimos, mas uma pena que tinha "turista demais". Peraí!...

Read More

Viajar é privilégio – e a gente precisa reconhecer isso
viajar-privilegio
Não, não é todo mundo que pode. Não é só se organizar. Nem só abrir mão do consumo de supérfluos e economizar certa quantia por mês. Não há táticas nem dicas nem truques e, arrisco dizer, nem milagres que tornem isso possível quando não se tem. Ponto. Logo no começo do blog escrevi um texto dizendo que viajar não significa ser rica, mas sim fazer escolhas. Continuo acreditando nessa máxima. Mas, depois de um tempo, achei mais prudente acrescentar lá...

Read More

Quando foi que viajar se transformou em uma competição?
Parodiando Ana Vilela e seu "Trem Bala", não é sobre quantos lugares no mundo você conheceu. É sobre como você se sente, sobre o que te faz bem, independente de onde esteja. Também não é sobre quantas pessoas estão te/me seguindo no Instagram ou quantas curtidas suas fotos têm. A vida - e as viagens e tudo o mais que faz parte dela - não é sobre números. Só que, de repente, eu, essencialmente de humanas, me vi no meio de...

Read More

A primeira vez que vi a neve – um sonho realizado
neve-chile-passeio-principal
Nem sei exatamente quando foi que comecei a sonhar em conhecer a neve. Eu ia começar esse texto dizendo que sempre sonhei com isso. E deve ser verdade, mesmo. Ou quase. Porque sempre é muito tempo. Mas o fato é que desde criança, pelo menos, eu tenho certeza, passando pela adolescência também. Afinal, é grande a influência da quantidade de filmes, desenhos animados, tudo vindo do exterior, especialmente do hemisfério norte, então tudo com muita neve, guerrinha de neve, bonecos...

Read More

Por um mundo com menos “tem que” e mais experiências próprias
menos-tem-que-mais-experiencias
Me policio o tempo todo para que o blog não se torne um espaço que dita regras, que frustra quem não pode fazer o que foi dito aqui. Não quero nunca ser a pessoa que fala que todo mundo tem que ir a tal lugar pelo menos uma vez, que tal passeio é obrigatório, ou coisas do tipo. Como aqueles livros que dizem o que conhecer, comer, visitar, ouvir, ler, antes de morrer. Ai não, por favor. Chega! Isso é...

Read More

A viagem que não fiz…
                          Uma vez, na faculdade, uma professora contou que ela e o marido tinham viajado para Salvador e ele, para fazer uma surpresa, a levou em uma viagem a Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo Baiano, terra de Dona Canô, mãe de Caetano Veloso e Maria Bethânia (e outros seis filhos). Achei o máximo e, desde então, fiquei com isso na cabeça. Um dia faria essa mesma viagem....

Read More