São Petersburgo, a cidade onde o Brasil fará o segundo jogo na Copa da Rússia

sao-petersburgo-russia-copa-2018

São Petersburgo é a cidade da Rússia mais procurada pelos turistas e será a sede do segundo jogo do Brasil na Copa do Mundo 2018, quando a seleção irá enfrentar a Costa Rica. De acordo com o Comitê Organizador, em informação divulgada pelo Jornal O Globo, são esperados cerca de 5 mil brasileiros.

As dicas desse texto, assim como o de Rostov-on-Don, cidade-sede do primeiro jogo do Brasil, valem para os que vão até lá, mas também para os que ficarão assistindo e torcendo de longe, mas querem conhecer melhor esses lugares.

Curta a página do blog no Facebook!

Estádio de São Petersburgo

Além do jogo do Brasil, no dia 22 de junho, o estádio terá outros três jogos na primeira fase, uma semifinal e a disputa do terceiro lugar.

O antigo estádio de Kirov, que tinha capacidade para cerca de 100 pessoas, foi derrubado para que o atual fosse feito especialmente para a competição.

A estação de metrô mais próxima do estádio não é assim tão próxima – fica a 25 minutos a pé. Mas, nos dias de jogos, haverá ônibus fazendo este trajeto gratuitamente.

Pontos turísticos e mais informações

Fundada em 1703 na foz do Rio Neva, com projeto do Czar Pedro, o Grande, primeiro foi chamada de Petrograd, depois renomeada para Leningrado e, por fim, para São Petersburgo. Hoje tem 2 milhões de habitantes e é considerada a “Veneza do Norte”, com sua arquitetura nos estilos barroco, neoclássico e moderno, seus canais sinuosos com diversas pontes e muita arte. A melhor forma de conhecer tudo isso é caminhando pela cidade.

Encontre e reserve a melhor hospedagem em São Petersburgo:

    
    Booking.com

A melhor época para visitar São Petersburgo é o verão – que vai coincidir com o período da Copa do Mundo, entre junho e julho. Nessa estação as flores e a vegetação renascem, além de ser uma época de festivais e concertos. Entre os pontos mais importantes, que não podem ficar fora do roteiro, estão:

Museus

O Museu Hermitage é um dos maiores e mais antigos do mundo e tem obras de Picasso a Van Gogh. Um de seus prédios é o Palácio de Inverno, que no passado foi residência dos czares. E o Museu Interativo Grand Maket mostra coisas típicas da história do país e tem maquetes perfeitas e cheias de detalhes que representam as diversas regiões da Federação Russa.

Palácios

O Palácio de Catarina foi a antiga residência imperial de verão, tem um belo jardim, muito verde e vários monumentos. E o Palácio Peterhof é um complexo com vários parques e o Grande Palácio, que foi projetado para ser o mais luxuoso da Europa, mostrando o poder da Rússia.

Pontes e canais

A cidade tem várias pontes elevadiças, a mais conhecida é a Palace Bridge, que por volta de 1h da madrugada se levanta e assim fica até o amanhecer, para permitir que outros barcos e navios maiores possam passar. Se quiser fugir um pouco do agito urbana, vá para a Ilha Yelagin, que tem muitos parques e lagos, ou faça um passeio romântico pela Ilha New Holland.

sao-petersburgo-russia-copa-de-2018

Fotos: Pixabay

Cultura

No Teatro Mariinsky e no antigo e elegante Teatro Mikhailovsky há várias apresenatções de dança e de ópera, muitas delas gratuitas.

Igrejas

Entre as igrejas, destaque para a Igreja do Salvador do Sangue Derramado (parecida com a Catedral de São Basílio, em Moscou), Catedral de Santo Isaac (quarta maior do mundo, ocupa um quarteirão inteiro), Catedral de Kazan (inspirada na Basílica de São Pedro, no Vaticano). 

Ao ar livre

Caminhe pela Nevsky Prospekt, uma rua que está sempre movimentada, por ter muitos restaurantes, lojas, monumentos, museus e belas construções. Para fechar o dia, a melhor pedida é ir a um dos rooftosp com restaurantes e cafés, para apreciar o pôr do sol e ter uma bela visão da cidade.

Veja mais dicas em outros blogs:

Antes de sair do Brasil, não se esqueça de fazer o seguro viagem!
Seguro viagem geral 728x90

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Email this to someone