Louvre de graça: o que saber antes de visitar o museu

O Museu do Louvre está entre os pontos turísticos mais visitados do mundo. Em 2017 recebeu mais de oito milhões de pessoas! Para Beyoncé, bastou um telefonema e o local foi alugado com exclusividade para que ela e sua equipe gravassem o novo clipe, Apeshit. Rainha que chama, né? Para nós, que não somos da realeza musical, o ingresso custa 17 euros. A boa notícia é que existem algumas formas de visitar o Louvre de graça.

Antes, é bom saber os dias e horários de funcionamentos: o Louvre fecha sempre às terças-feiras e também em feriados como 1° de Janeiro, 1° de Maio e 25 de Dezembro; nos demais dias, abre sempre às 9h e fecha às 18h (segundas, quintas e fins de semana) ou às 21h45 (quartas e sextas).

Leia também:
Quanto custa viajar para Paris?
O que fazer de graça em Paris: 14 atrações

Como visitar o Louvre de graça

O Louvre é gratuito para todos os visitantes no primeiro domingo do mês (de outubro a março) e no Dia da Bastilha, principal feriado francês, celebrado em 14 de julho.

louvre-de-graca-piramide

Segundo o site do museu, há gratuidade ainda para menores de 18 anos de qualquer nacionalidade, menores de 26 anos residentes na União Europeia (e Noruega, Islândia e Liechtenstein), e deficientes físicos com direito a um acompanhante.

Nesses casos a entrada gratuita é válida para qualquer data, com apresentação de documento, e não é necessário enfrentar filas. Às sextas-feiras depois das 18h a gratuidade é estendida aos menores de 26 anos de todas as nacionalidades.

Conheça outros Museus em Paris
com as dicas do blog No Mundo da Paula

Algumas categorias profissionais também podem entrar de graça no Louvre. São elas: professores de arte ou história, artistas membros da AIAP (Associação Internacional de Artes Plásticas), professores de escolas públicas francesas primárias e secundárias ou escolas privadas que recebem subsídios do governo. E, ainda, desempregados ou pessoas que recebem benefícios sociais, sempre com comprovação.

Dicas sobre a visita ao Louvre

Se possível tire um dia inteiro para a visita ao Louvre, para poder conhecer tudo com calma, pois o museu é gigante – e isso não é força de expressão! Imenso real oficial!

louvre-de-graca-como-visitar

São três alas (Richelieu, Denon e Sully) e cinco andares (dois subsolos, térreo, primeiro e segundo). Minha dica é dar uma olhada antes nos sites, listar o que quer ver e tirar um tempinho na entrada para entender o mapa, o que pode ajudar a otimizar seu passeio.

A forma mais fácil de chegar até lá é de metrô, pela Linha 1 ou Linha 7, saltando na estação Palais-Royal Musée Du Louvre.

Entre as obras mais famosas e mais procuradas estão a Monalisa, de Leonardo da Vinci (Ala Denon, 1° Andar, Sala 711), a Vênus de Milo (Ala Sully, Téreo, Sala 346). Elas e muitas outras aparecem como plano de fundo no clipe de Beyoncé.

Encontre e reserve sua hospedagem em Paris!

    
    Booking.com

Ingresso para o Louvre

O ingresso do Louvre pode ser adquirido em uma das máquinas disponíveis no museu ou previamente pela internet. Mas, para a entrada gratuita, a retirada do bilhete é somente na hora. Portanto, chegue cedo, porque as filas costumam ser grandes! E guarde o bilhete, pois pode ser necessário apresentá-lo novamente ao mudar de uma galeria para a outra.

Para ler ouvindo (e vendo):

Antes de viajar para o exterior, faça seu seguro!
Seguro viagem europa 728x90
Não se esqueça dos parceiros do "Mariana Viaja" ao organizar sua viagem!
- Encontre e reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo pelo Booking sem pagar nada a mais por isso! - Em destinos internacionais o seguro é obrigatório, compare preços pela Real Seguros e escolha o que melhor te atende. - Para estar com internet no celular durante toda a viagem, mesmo fora do Brasil, adquira um chip da EasySim4u. - Vai viajar sozinha? Baixe o ebook com dicas que vão te ajudar no planejamento!
Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email