Viajar X Casar: uma comparação que não deveria existir

De vez em quando vejo por aí algum texto dizendo que, especialmente para mulheres, viajar traz mais felicidade que casar. Eventualmente até me marcam achando que, por ser/estar solteira e gostar de viagens eu vá me identificar. Mas não. Pelo contrário. Eu detesto esse tipo de comparação e acho uma coisa completamente sem cabimento.

Existe viajar x ficar em casa. Ou casar x ficar solteira. Mas escolher entre viagem e casamento não rola porque não são coisas excludentes. São atitudes de categorias diferentes.

O que acontece é que entre casar x ser solteira, uma pessoa pode escolher a solteirice; e entre viajar x ficar em casa, pode escolher viajar. Ou seja, a pessoa escolheu não casar e sim viajar. Mas não é que prefira uma coisa à outra. Da mesma forma que se eu perguntar se você prefere azul ou amarelo e você escolher azul, e se eu perguntar se prefere montanha ou praia e escolher praia, seria absurdo dizer que você prefere azul que montanha.

Viajar ou ter festa de casamento, essa sim seria uma escolha, porque é uma questão de definir como cada um prefere gastar o dinheiro. Mas colocar relacionamento como oposto a viagens, apenas não!

Acompanhe o blog também no Facebook!

Eu sei, há pesquisas que mostram a preferência por uma coisa ou por outra, e não que eu duvide da veracidade delas. Mas é uma pergunta totalmente tendenciosa, assim como o recorte de público. Se a pesquisa for feita entre mulheres solteiras, perguntando se a prioridade delas seria uma viagem ou casamento, é óbvio que ninguém vai responder casamento, porque não tem como isso ser prioridade na vida de quem nem tem um namorado ou noivo (ou namorada ou noiva). Já se a pergunta é para quem está em um relacionamento e planejando viver junto, é mais natural que priorize naquele momento se casar do que fazer uma viagem. Então fazer uma pesquisa com um recorte de público e divulgar o resultado como sendo uma tendência de comportamento não faz sentido.

Outro ponto é sobre o empoderamento feminino, tema sobre qual escrevo bastante e tenho sempre certo cuidado, porque sei que muita gente ainda não entende de forma distorcida. E aí colocam isso gerando uma rixa inexistente e desnecessária. Olha, o movimento não é nem nunca foi sobre se casar ou não. Ser independente não significa abrir mão de se relacionar. Significa estar bem o suficiente para não cair em qualquer furada, segura de si o suficiente para não ficar se humilhando e mendigando atenção/aprovação. Significa estar numa boa com você mesma, o que sempre falo no #SouMinhaMelhorCompanhia. Mas se pintar alguém que acrescente, meu amor… se joga! Alguém que viaje junto com você em todos os sentidos e que apoie também sua liberdade de voar por aí sozinha!

O que se questiona é a imposição social do casamento, a forma como ainda julgam uma mulher que não se casou em determinada idade. Mas criticar a pressão social para que mulheres se casem não é criticar as mulheres que se casam. Nem o casamento em si. Não tem ninguém pregando solteirice como algo obrigatório, até porque isso também seria estabelecer um padrão quando, na verdade, a busca é pela quebra deles. Se o empoderamento for por este lado, está indo errado.

É por isso que eu acho que uma pergunta como esta, sobre preferir viajar ou casar, só reforça a estrutura machista da sociedade de achar que o casamento é impeditivo para que uma mulher continue seguindo seus sonhos, ainda que individualmente. Curioso é que para homem ninguém pergunta, né? Pois é.

 

Solteira ou casada, se for viajar reserve sua hospedagem!

* Fotos: Pixabay

Não se esqueça dos parceiros do "Mariana Viaja" ao organizar sua viagem!
- Encontre e reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo pelo Booking sem pagar nada a mais por isso! - Em destinos internacionais o seguro é obrigatório, compare preços pela Real Seguros e escolha o que melhor te atende. - Para estar com internet no celular durante toda a viagem, mesmo fora do Brasil, adquira um chip da EasySim4u. - Vai viajar sozinha? Baixe o ebook com dicas que vão te ajudar no planejamento!
Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email