Tour “Carnaval Experience” mostra bastidores de escola de samba

carnaval-experience-rio-de-janeiro-tour-guiado

Já contei aqui como sempre fui apaixonada pelo Carnaval do Rio de Janeiro e também da minha emoção ao desfilar em uma escola de samba. Agora pude viver de novo um pouco desse clima mágico em um tour que mostra os bastidores do maior show da terra: o Carnaval Experience, oferecido pela Acadêmicos da Grande Rio.

Antes de falar do tour, quero falar do nobre motivo pelo qual ele foi criado: angariar fundos para os Pimpolhos do Grande Rio, escola de samba mirim que desenvolve também um trabalho social com as crianças de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, promovendo a educação e a inclusão através da cultura.

Curta a página do blog no Facebook!

Como é o Carnaval Experience

O Carnaval Experience acontece na Cidade do Samba, que fica na região da Gamboa, próximo à Zona Portuária do Rio de Janeiro, e é o local onde ficam os barracões das escolas do grupo especial, onde são feitas as fantasias, os carros alegóricos e onde acontecem os ensaios. Ou seja, mais bastidores do Carnaval que isso, não existe. Lá é O lugar.

E de cara a gente já começa a entrar no clima. A parte externa da Cidade do Samba é como uma praça e tem alguns monumentos que já cruzaram a Sapucaí expostos. Acho demais poder ver de perto!

carnaval-experience-rio-de-janeiro-cidade-do-samba

Bastidores do Carnaval

O passeio guiado acontece dentro do barracão da Grande Rio e vai mostrando detalhes de alegorias e adereços, muitas curiosidades, além de contar a história da agremiação e do carnaval.

Nós estávamos em três pessoas e nossa guia foi a Cíntia (no insta @eu.king), que fez parte dos Pimpolhos da Grande Rio e hoje é embaixadora do projeto, fala várias línguas e é também cantora.

carnaval-experience-rio-de-janeiro-pimpolhos-grande-rio

Pimpolhos da Grande Rio

Começamos pelo espaço onde ficam os carros alegóricos. Como ainda era setembro, só tinham as estruturas e é muito interessante ver e entender como eles funcionam, saber sobre os mecanismos de montagem.

E passamos pelo ateliê, que eu adorei. Tem várias fotos tanto de desfiles como dos trabalhadores. Uma linha do tempo que explica como se dá todo o processo de criação do carnaval. Fantasias especialmente do desfile mais recente, que homenageou Chacrinha. E também outras de luxo usadas por famosas em anos anteriores, como a da Xuxa na homenagem à Ivete e da Susana Vieira na época da novela Senhora do Destino.

Depois fomos a uma sala toda decorada com um estilo bem a cara do Carnaval, com paredes cheias de imagens, de cores, de paetês, fotos customizadas, cartazes, cadeiras pintadas… Eu nem sei descrever o tanto que achei aquilo tudo lindo!

Essa sala tem uma televisão onde são exibidos vídeos que complementam ainda mais todas as informações do passeio.

E por fim… Não quero estragar a surpresa, mas contar isso pode ser uma forcinha a mais para quem está querendo fazer o passeio. E esteja certo de que pessoalmente ainda vai te surpreender! Entramos em um lugar cheio de fantasias, como um camarim, onde podíamos escolher e vestir o que quiséssemos. Nessa hora eu me empolguei muito!

Depois os samba começou a tocar! Tivemos uma apresentação da passista Danny Moneríssima, ganhadora do Estandarte de Ouro (prêmio do Jornal O Globo) e até arriscamos uns passinhos com ela.

Eu fiquei eufórica, emocionada, deslumbrada, me diverti, aprendi, amei demais. Queria morar lá! Queria sair de fantasia pela rua, sair desfilando, pirei! Para quem também curte carnaval, vale muito a pena.

No encerramento do tour “Carnaval Experience”, há uma sala onde os visitantes podem tomar uma caipirinha (ou água ou só o suco de limão sem álcool) e comprar lembranças na lojinha da Grande Rio. Tem bolsas, camisetas, bonecos, muita coisa legal para ter de recordação.

História do Carnaval e da Grande Rio

Os desfiles

O samba chegou ao Rio de Janeiro através dos negros escravizados. Já o Carnaval chegou com os portugueses. Eles faziam festas, depois desfiles nas ruas, mas nada comparado ao que existe hoje. Foram surgindo grupos (futuras escolas de samba) e competições. Mas só na década de 80 o sambódromo da Marquês de Sapucaí foi criado e começaram os espetáculos que fazem o Carnaval do Rio de Janeiro ser famoso em todo o mundo.

Encontre e reserve sua hospedagem no Rio de Janeiro:

    
    Booking.com

As alegorias e adereços

Em um desfile há entre cinco e sete carros alegóricos, e cerca de 30 alas de chão com 100 pessoas em cada. Os carros são montados com base de chassi de caminhão ou ônibus e o motorista não tem visão externa – há pessoas do lado de fora orientam e marcações no chão que ele vê por baixo para se guiar. E alguns têm apenas empurradores. Algumas fantasias são vendidas ao público, mas poucas (cerca de 10%). É preciso entrar em contato diretamente com cada escola para comprar. A prioridade é de quem faz parte/acompanha a escola, porque é preciso ensaiar, cantar a letra, atravessar a avenida com ritmo, etc.

A agremiação

carnaval-experience-rio-de-janeiro-grande-rioA Acadêmicos da Grande Rio é a escola de samba caçulinha do Carnaval carioca e no dia da nossa visita (setembro/2018) estava completando 30 anos. Ainda não ganhou nenhum título, mas já teve ótimas colocações e desfiles muito marcantes. Destaque para “Amazonas, o Eldorado é Aqui” (vice-campeã em 2006), “Das arquibancadas ao camarote número 1, um Grande Rio de emoção, na Apoteose do seu coração” (também vice-campeã em 2010) e, mais recentemente, “Ivete do rio ao Rio” em 2017.

Em 2018 a escola teve problemas. O último carro não entrou, houve atrasos e buracos na evolução. Por isso perdeu pontos e ficou entra as duas últimas colocadas. Pela regra, seria rebaixada. Mas por conta de questões internas a Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) acabou mantendo a Grande Rio e também o Império Serrano (última) no Grupo Especial. Para 2019, virá fazendo uma autocrítica a tudo isso, com o enredo “Virei a mesa, sim! Quem nunca? Que atire a primeira pedra…”

O Carnaval

Vale lembrar que, embora a festa só aconteça oficialmente durante dois ou três dias, é um processo contínuo. A Cidade do Samba funciona o ano todo e a criação não para. Sempre tem pessoas trabalhando, seja na parte criativa ou na execução das peças. Em algumas épocas o número é mais alto.

Agora imagine comandar tudo isso e fazer dar certo? Imagine o trabalho para pensar um enredo, fazer com que ele se concretize nos carros e nas fantasias, sincronizar tudo com a letra do samba. E colocar cerca de quatro mil pessoas para desfilar na avenida, evoluir com harmonia! É muito incrível! A gente tem que aplaudir de pé e valorizar pra caramba cada uma das pessoas que faz o Carnaval acontecer.

Os blogs Kari Desbrava e Olívia Garimpando Por Aí também participaram da visita, que foi um convite da escola.

carnaval-experience-rio-de-janeiro-blogs

Serviço

Carnaval Experience
Onde: Barracão da Grande Rio na Cidade do Samba – Rua Rivadávia Correa, 60 – Gamboa
Quando: de segunda a sábado às 11h e às 16h.
Quanto: R$ 75 por pessoa
Como chegar: de VLT, descer na estação Cidade do Samba (na volta pegar na estação Providência)
Mais informações: (21) 99931-7316 / (21) 97953-4140 ou pelo email carnavalexperience@pimpolhos.org.br  e também pelo Instagram @carnavalexperience

Para ler ouvindo (e já esquentando os tamborins):

 

 

Não se esqueça dos parceiros do "Mariana Viaja" ao organizar sua viagem!
- Encontre e reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo pelo Booking sem pagar nada a mais por isso! - Em destinos internacionais o seguro é obrigatório, compare preços pela Real Seguros e escolha o que melhor te atende. - Para estar com internet no celular durante toda a viagem, mesmo fora do Brasil, adquira um chip da EasySim4u. - Vai viajar sozinha? Baixe o ebook com dicas que vão te ajudar no planejamento!