Chocolates Garoto, uma marca registrada de Vila Velha

visita-chocolates-garoto-vila-velha-espirito-santo

A fábrica de chocolates Garoto, em Vila Velha, é um marco na cidade. São quase 90 anos de história e o local acabou se tornando um ponto turístico! Cerca de 100 mil pessoas fazem a visita à fábrica da Garoto a cada ano. Na loja, esse número é ainda maior! São cerca de 300 mil pessoas por ano, o que faz com que seja o 2° lugar mais visitado, ficando atrás apenas do Convento da Penha – símbolo máximo do estado do Espírito Santo.

E vou contar uma coisa: era meu sonho de infância! Eu morava em Minas Gerais e os mineiros, vocês sabem, são frequentadores assíduos do litoral capixaba. Então muita gente viajava nas férias, mesmo que para outras praias, e dava uma passadinha na Garoto. Eu ficava ouvindo as histórias… Mas só fui conhecer o mar quando tinha uns 10 anos, em Marataízes, sem passar por Vila Velha. E a Garoto só em 2017 visitei.

Agora, morando na cidade, tive a oportunidade de conhecer a fábrica da Garoto em um evento para imprensa e convidados, com a presença do vice-presidente de Chocolates da Nestlé, Liberato Milo, que marcou também a comemoração dos 25 anos do chocolate Talento e a reabertura da loja, que tinha passado por uma reformulação na identidade visual. Foi uma manhã deliciosa (não resisto ao trocadilho) que incluiu o combo dos três passeios que podem ser feitos pelos turistas: fábrica, museu e loja!

Curta a página do blog no Facebook!

Como visitar a Garoto em Vila Velha

Fábrica de chocolates

A visita à fábrica é o chamado Chocotour. Para ir, é preciso fazer um agendamento prévio pelo site, marcando data e horário desejados. E atenção: é preciso estar de calça comprida, blusa com manga (não precisa ser comprida, mas não pode ser blusa de alça) e sapato fechado (tipo tênis, não tipo sapatilha que deixa a parte de cima do pé aberta) e sem salto. Essas regrinhas estão no site, mas mesmo assim muita gente esquece – é comum que as pessoas aproveitem para emendar com uma ida à praia ou mesmo outros passeios com verão com roupas mais fresquinhas. Então lembre-se disso!

Na hora de entrar, é preciso tirar todos os acessórios: brincos, anéis/alianças, relógio, cordão, além de bolsa, celular e outros itens (eles disponibilizam guarda-volumes, onde cada um pode deixar suas coisas) e colocar um “jaleco” por cima da roupa, uma touca prendendo o cabelo e um fone de ouvido por cima. Tudo amarelinho, a cara da marca. Dentro da fábrica os visitantes acompanham o processo do derretimento do chocolate, a mistura da massa, embalagem e finalização dos produtos. Não é permitido fotografar – nós fizemos um tour especial pela linha de produção do Talento, que não é aberta ao público, e foi liberado fazer alguns registros. No fim da visita tem alguns chocolates para degustar à vontade, mas não pode levar nenhum para casa.

chocolates-garoto-vila-velha-fabrica-talento

chocolates-garoto-vila-velha-grupo

Foto: Guilherme Ferrari

Museu

Ele é pequeno, então é um passeio mais rápido, mas é bem interessante. Conta a história do cacau, do processo de fabricação do chocolate, e também toda a história dos chocolates Garoto, desde quando o fundador começou a fazer suas primeiras balas. Sabe como surgiu o nome Garoto? No museu você fica sabendo!. E as visitas são sempre guiadas, o que enriquece ainda mais a experiência.

Lá tem ainda algumas máquinas antigas originais que eram usadas na fabricação, além de fotos, vídeos, embalagens, linha do tempo… Dá para acompanhar todas as mudanças pelas quais a marca passou. Tudo muito bem feito. Tem também um totem para fotos em que você posa em meio a quadros antigos e é revelada na hora para levar de lembrança. Quem quiser pode conhecer apenas o museu ou fazer o Chocotour completo (fábrica + museu).

chocolates-garoto-vila-velha-fabrica-museu

Encontre e reserve sua hospedagem em Vila Velha!

    
    Booking.com

Loja

E depois de passar pela fábrica e/ou pelo museu, chega-se ao paraíso de consumo para os que amam chocolate (e quem é que não ama, gente?): a loja, que existe há 60 anos. Depois da nova identidade visual ela ficou ainda mais moderna, acessível e aconchegante, tudo para proporcionar uma experiência melhor aos visitantes. Está com o visual mais clean, predominando a cor marrom e destacando as cores da marca. Na entrada, ganhou uma obra da designer capixaba Ana Paula Castro, que é reconhecida internacionalmente e sempre leva traços do Espírito Santo em suas peças. Na loja, ela fez uma releitura de uma árvore de cacau (matéria prima do chocolate) com o famoso bonequinho da Garoto. Ficou linda.

chocolates-garoto-vila-velha-loja-arte

Nas muitas prateleiras espalhadas pelo espaço, além dos chocolates tradicionais há versões diferentes, com embalagens especiais – amei a latinha de leite do Batom e a tradicional panela de barro capixaba cheia de bombons. A maletinha vintage também é linda. E tem ainda outros produtos, como bolsas, canecas, toalhas, camisetas, cadeiras de praia.

Uma coisa bem legal é que você pode montar sua caixa de bombons personalizada. Ao invés de comprar a caixa fechada, você pega a mesma caixinha amarela (porque tradição é tradição, né), só que vazia, coloca os chocolates da sua preferência e depois é só pesar.

chocolates-garoto-vila-velha-loja-bombons

Leia também:
Pontos turísticos para conhecer em Vila Velha
Dicas para um fim de semana em Vitória e VV
Onde se hospedar em Guarapari perto da praia

Vale a pena visitar a Garoto em Vila Velha?

Ô, se vale! Acho que por tudo que contei aí em cima já dá para saber, né. A Garoto é uma das 10 maiores fábricas de chocolates do mundo, exporta os chocolates brasileiros para vários países e conta hoje com um portfólio de aproximadamente 70 produtos. E é o tipo de passeio que agrada a todas as idades! Afinal, são 90 anos de história e certamente em algum momento a marca fez parte da sua vida.

Eu tenho uma relação de compulsão afeto com chocolate. E acho que a maioria das pessoas tem. Tanto é que nesse dia da visita à Garoto, foram muitos comentários interagindo com minhas publicações no Story (a propósito, me segue lá no Insta @marianaviaja). “Pega mais Serenata”. “Não deixa de levar um Caribe”. “O crocante é o melhor”. “Adoro esse Talento recheado”. Eu achei engraçado, porque eu não estava pegando chocolates para eles (sorry), mas pelas reações era como se fosse, era como se as pessoas estivessem lá. São sensações que o chocolate desperta e que, como diz um novo slogan da marca, só o cacau explica!

chocolates-garoto-vila-velha-loja

Serviço

Fábrica: segunda a sexta das 9h às 15h; sábados das 9h às 10h30. Agendamento pelo site. Valor: R$ 25,00 pago na hora da visita em dinheiro ou cartão.
Museu: segunda a sexta das 9h às 16h; sábados das 9h às 13h. Incluído na visita à fábrica. Valor para visitar só o museu: R$ 5,00.
Loja: de segunda a sexta das 9h às 17h; sábado das 8h às 14h.
Endereço: Praça Meyerfreund, n 01. Glória – Vila Velha – Espírito Santo. Estacionamento gratuito. De ônibus, todos que passem pelo bairro Glória.

Não se esqueça dos parceiros do "Mariana Viaja" ao organizar sua viagem!
- Encontre e reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo pelo Booking sem pagar nada a mais por isso! - Em destinos internacionais o seguro é obrigatório, compare preços pela Real Seguros e escolha o que melhor te atende. - Para estar com internet no celular durante toda a viagem, mesmo fora do Brasil, adquira um chip da EasySim4u. - Vai viajar sozinha? Baixe o ebook com dicas que vão te ajudar no planejamento!