O que fazer em Buenos Aires: o melhor da capital argentina em 6 dias

o-que-fazer-em-buenos-aires-roteiro-dicas

Buenos Aires, capital da Argentina, é um dos destinos mais procurados por brasileiros. Motivos não faltam. Fica pertinho (um voo saindo de São Paulo leva em torno de três horas), as passagens não costumam ser caras, os preços na cidade também são em conta e a moeda deles vale menos que a nossa. Vejo apenas vantagens!

Sem falar, é claro, nos lugares lindos e nas muitas opções de passeios para quem quer turistar. Recentemente minha prima Isabela (que já tinha ido comigo uns anos atrás) foi novamente com a família toda e fez um roteiro bem legal que adaptei e compartilho aqui!

Curta a página do blog no Facebook!

O que fazer em Buenos Aires

Dia 1 – Centro e Puerto Madero

Comece pelos pontos mais conhecidos e emblemáticos, como o Obelisco e a Casa Rosada, na Plaza de Mayo. Lá fica também a Catedral Metropolitana, onde o Papa Francisco foi bispo, e o Teatro Colón.

E no Puerto Madero há vários bares e locais para ficar no fim do dia, e a bela Ponte de La Mujer.

o-que-fazer-em-buenos-aires-puerto-madero

Dia 2 – Recoleta e La Boca

Dois bairros bem diferentes, dá para conhecer um pela manhã e um à tarde. Na Recoleta ficam a Floralis Genérica e o Cemitério onde estão nomes como a ex-primeira dama Evita Perón. Aos domingos tem também uma feira de artesanato na Plaza Francia.

La Boca a região onde fica o famoso Caminito, uma rua com construções coloridas, bares, restaurantes e lojinhas. Bem perto fica o Estádio La Bombonera, que tem visita guiada.

Para a noite, informe-se no hotel sobre os shows de tango. São voltados para turistas, mas pode ser uma boa pedida!

o-que-fazer-em-buenos-aires-floralis-generica

Dia 3 – Palermo e San Telmo

O Jardim Japonês é um dos lugares mais bonitos da cidade e não é tão visitado pelos turistas. Ao lado dele fica o Jardim Botânico. Palermo conta ainda com alguns museus, como Museo Evita, Museo de Arte Latinoamericano, e o Planetário Galileo Galilei.

E em San Telmo fica a estátua da Mafalda e, aos domingos, uma feira de antiguidades na Plaza Dorrego.

o-que-fazer-em-buenos-aires-jardim-japones

Dia 4 – Ruas Cordoba e Florida

Se a ideia é fazer compras, essas duas ruas são as que mais oferecem opções de lojas de roupas e calçados, muitas de marcas famosas. Na Florida ficam as Galerias Pacifico, que é um lugar lindo.

Outra loja que vale ser visitada é a livraria El Ateneo, que funciona em um antigo teatro e é considerada uma das mais bonitas do mundo.

o-que-fazer-em-buenos-aires-livraria-el-ateneo

Dia 5 – Tigre

A cidade vizinha de Tigre pode ser conhecida em um bate e volta. Os trens partem da Estação Retiro em Buenos Aires. Dicas de passeios: catamarã pelo Delta do Tigre, Parque de la Costa e o Cassino de Tigre.

Encontre e reserve sua hospedagem em Buenos Aires!
Você não paga nada a mais por isso e ajuda o blog!

    
    Booking.com

Dia 6 – Colonia Del Sacramento

Outra opção de bate e volta é a charmosa Colonia Del Sacramento, que fica no Uruguai. O trajeto é feito de barco pelo Rio Prata e deve ser comprado com antecedência. Em um dia é possível conhecer o centro histórico e o porto.

Dia 7 – Livre

Contei como sendo 6 dias inteiros na cidade, então o 7 seria o dia de ir embora – ou talvez o dia 1 tenha sido o da chegada.  Aproveite para fazer algo que tenha ficado de fora, para voltar mais uma vez a algum lugar que marcou ou mesmo para dar uma volta pelo bairro onde estiver hospedada…

o-que-fazer-em-buenos-aires-casa-rosada

Informações importantes

Buenos Aires tem dois aeroportos, Ezeiza e Aeroparque. A melhor forma de se deslocar a partir deles é de táxi ou transfer do hotel (verifique antes se oferecem esta opção), especialmente levando em consideração que estará com malas.

No dia a dia o metrô funciona bem e atende grande parte da cidade. Outras alternativas que podem sair em conta dependendo do número de pessoas são táxi (pedir por aplicativos como o EasyTáxi é mais seguro) ou Uber (se você ainda não usa, baixe o aplicativo e insira o código ugmjhtn8ue para ganhar desconto na primeira corrida)

Se quiser levar dinheiro em espécie (eu sempre acho válido), pode levar em reais e trocar por pesos lá mesmo, em uma das casas de câmbio do centro. A cotação varia muito de uma para outra, então é válido pesquisar.

No mais, é aproveitar esse roteiro de Buenos Aires e curtir o que a cidade tem de melhor e que mais tem a ver com o estilo de viagem que você procura! Ah, e não deixe de comer empanadas!!! 🙂

Antes de viajar para fora do Brasil, faça o seu seguro!
Seguro viagem america do sul 728x90

Fotos: Pixabay