“Experiência incrível com a melhor pessoa que pude conhecer: eu mesma” – por Marina Videira

“Existe um dilema grande na vida de muitas pessoas – se não a maioria: quem pode ir comigo em tal lugar? Seja em uma exposição, viagem, palestra, etc. Temos sempre em mente ter uma companhia para nos divertirmos mais.

Quando tiramos férias pensamos: com quem vou viajar? Quando o ideal seria: para onde vou viajar? Esse também foi meu dilema quando decidi tirar minhas férias e fazer minha primeira viagem internacional. Percebi que arrumar uma companhia agradável era mais difícil do que planejar a viagem sozinha.

Curta a página do blog no Facebook!

Apesar de ser desafiador, cada momento do planejamento da viagem foi único: hospedagem, passagem, passeios, dicas do que fazer ou não fazer, o que vale a pena fazer, o que não vale. E como toda mulher – infelizmente – ouvimos coisas do tipo: “Mas você vai viajar sozinha por quê? Não tem medo de violência/abuso?”’, “Toma cuidado, normalmente ladrão fica de olho em estrangeira”, entre outras frases.

Leia outras histórias inspiradoras de mulheres viajando sozinhas.

Confesso que, num primeiro momento, eu tive medo, pois, além de ser minha primeira viagem internacional, não sabia como lidar com essas situações – ainda. Então me joguei! Me permiti viver uma experiência incrível, com a melhor pessoa que pude conhecer e ainda não conhecia – eu mesma.

viajando-sozinha-marina-videira1

Conheci brasileiros e muuuuitos estrangeiros. Mulheres incríveis que também viajam sozinhas até hoje – sem medo de ser feliz. Foram seis dias na Colômbia e mil histórias para contar. Conheci lugares paradisíacos, pessoas incríveis, histórias maravilhosas e fiz novas histórias também.

Descobri que o medo é apenas um muro alto o qual devemos ultrapassar para encontrar a felicidade do outro lado. Que o mundo é pequeno demais para aqueles que se atrevem. Que viajar sozinha não é apenas uma aventura, é um desafio para si e uma descoberta para o mundo.

viajando-sozinha-marina-videira

Além de compartilhar momentos, é uma experiência incrível pra quem deseja se conhecer, se permitir, se desafiar e visitar lugares ainda não planejados e inexplorados – no mundo e dentro de si mesmos. Não há motivos pra não seguir seu coração!”

Texto: Marina Videira
Fotos: Arquivo Pessoal

Já viajou sozinha e quer ver seu relato publicado aqui?
Me escreve no mariana@marianaviaja.com

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
44Tweet about this on Twitter
Twitter
0Share on Google+
Google+
0Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email