Comidas de Natal pelo mundo (porque nem só de peru e panetone são feitas as ceias)

comidas-de-natal-pelo-mundo-ceia

Peru, rabanada, panetone, e a eterna polêmica da uva-passa na farofa (coloca, sim). Estou falando, é claro, das comidas de Natal – para mim, indiscutivelmente a melhor parte desta época do ano.

Eu tinha curiosidade em saber como são as ceias em outros países e chamei alguns amigos blogueiros que vivem ou já viveram fora do Brasil para contarem um pouco sobre as comidas de Natal pelo mundo. Confere só!

Curta a página do blog no Facebook!

Como é a ceia de Natal em outros países

Natal no Canadá – por Mirella, do Viajoteca e Mikix

As comidas que servimos nas ceias de Natal no Canadá dependem muito de cada família e região, além da herança cultural, já que o país recebe muitos imigrantes. Mas o jeitão canadense mais tradicional fica com o Peru para quem tem origem inglesa, ou as tortas de carne moída, chamada Tourtière, para quem tem origem francesa.

As sobremesas tradicionais e deliciosas para comprar ou fazer para a ceia de natal são as Butter Tarts e Nanaimo bars. Mas antes do natal é comum as vizinhas se reunirem para trocarem bolachinhas caseiras. Fazer casinhas com bolachas de gingerbread é um programa que sempre faz sucesso com a criançada, mas os adultos também adoram entram na brincadeira.

Para bebidas; eggnog, uma espécie de gemada semi-liquida com ou sem álcool, e o mulled wine, tipo vinho quente das nossas festas juninas, também costumam ser servidos.

comidas-natal-canada-eggnog

Eggnog (Foto: Pixabay)

Natal no Reino Unido – por Lívia, do Malas pra que te quero 

Apesar do nome, o jantar de Natal (Christmas Dinner) no Reino Unido acontece normalmente perto do meio-dia ou na tarde do dia 25 de dezembro. Os pratos principais costumam ser o peru ou o gammon (uma espécie de pernil defumado que lembra nosso tender), servidos com dois acompanhamentos tipicamente britânicos: o gravy (molho de carne engrossado com farinha ou amido de milho) e o stuffing (uma mistura de cebola, especiarias e farelo de pão ou castanhas). Este último é na verdade o recheio das aves que vão ao forno, mas passou a ser usado também como acompanhamento.

Outros itens também comuns na ceia natalina são o molho de cranberry, o yorkshire pudding e a couve-de-bruxelas. Para a sobremesa, o mais tradicional é o Christmas pudding: um bolo bem molhado feito com frutas secas e muitas especiarias. Porém, um quitute doce que também não falta no Natal britânico são as mince pies, que têm formato de empada, mas massa de biscoito amanteigado e são recheadas com (muitas, muitas) passas. 

Leia também: Mercados de Natal na Europa: Inglaterra, Itália e França.

comidas-natal-reino-unido

Gammon, stuffing, gravy, yorkshire pudding, couve-de-bruxelas (Foto: Pixabay)

Natal na Alemanha – por Edson, do Ligado em Viagem

A Alemanha é um país que sabe celebrar a época do Natal. Já no final de novembro começam os mercados de Natal e em 06 de dezembro acontece a visita do Nikoloaus, santo que originou a lenda do Papai Noel. Neste dia o bom velhinho entrega saquinhos com frutas e nozes paras as crianças em escolas e igrejas.

O mercado de natal é bastante parecido com as nossas festas juninas, com várias barracas de comidas, bebidas e atividades espalhadas nas praças centrais de cada cidade. A minha bebida preferida é o Glühwein, uma espécie de vinho quente com menos frutas, delicioso para enfrentar o frio gemânico. Para comer há opções salgadas como Wurst mit Brötchen, pão com línguiça vermelha ou branca, e o Raclette, queijo derretido parecido com fondue servido em pão ou batatinhas assadas. Porém a minha comida preferida dos mercados de Natal é o Lango, massa frita de origem húngara servida com creme de alho e queijo. Para sobremesa você pode escolher um Stollen, um bolo de frutas bem massudo com cobertura de açúcar de confeiteiro, ou o Lebkuchen, o famoso pão de mel originário da cidade Nuremberg.

Leia também: Dicas de comprinhas e comidinhas de Natal na Alemanha e Mercados de Natal na Alemanha.

Natal na Pensilvania (EUA) – por Klécia, do Fui Ser Viajante

Morei em Pittsburgh, na Pensilvania (norte dos Estados Unidos, ali pertinho do Canadá) entre 2011 e 2012, e a tradição gastronômica que ficou mais gravada na memória eram amigos e famílias reunidos nas noites frias de inverno, se aquecendo ao redor da lareira com uma xícara quentinha de “apple cider”, ou cidra de maçã, entre as mãos. É uma espécie de suco de maçã fermentado, pra simplificar. O Hot Apple Cider está em toda parte em dezembro: mercados de fazendeiros, festivais, dentro de casa. Eles preparam a bebida com especiarias, e talvez por isso até hoje canela e anis me lembram o “cheirinho de natal”.

Outra tradição muito bonita era a mostra anual e concurso de casas de gingerbread. Traduzido como “pão de gengibre”, é um doce muito comum no natal americano. As crianças são estimuladas a deixar biscoitos de gingerbread com leite para o Papai Noel na noite de Natal. Entre os formatos mais tradicionais, tem o famoso bonequinho (aparece em vários filmes, lembra de Shrek?). Essa mesma massa é usada para construir lindas casinhas de gingerbread, no maior estilo casa de doces de João e Maria. Todo mundo pode inscrever uma casinha: instituições, cidadãos da cidade, chefs de cozinha. Mais ou menos por um mês, todas ficam expostas no PPG Place, no centro da cidade. A entrada é gratuita e o clima é maravilhoso. Durante todo o evento, podem ser feitas doações para o Hospital de Crianças de Pittsburgh. Natal, gastronomia e cidadania! Tudo a ver com o clima de final de ano!

comidas-natal-eua-gingerbread-house

Casinhas de gingerbread (Foto: Pixabay)

Natal na Ucrânia – por Nati, do Manas no Mapa

No dia 7 de Janeiro é comemorado o Natal na Ucrânia. A diferença de data em relação à Igreja Ocidental ocorre pois eles seguem o calendário Juliano, implantado por Julio César em 46 a.C. Além da diferença da data, outras particularidades estão presentes nessa tradição. Para os ocidentais, o prato mais típico natalino é o pernil. Já para os Ucranianos Ortodoxos, é tradição servir 12 pratos, que no passado (paganismo) representavam os 12 meses do ano; no cristianismo representa os 12 apóstolos. Alguns dos pratos mais típicos:

Kutiá (grãos de trigo cozido adoçado com mel, passas de uvas e outras frutas, nozes ou castanhas e sementes de papoula); Borchtch (sopa de beterraba e repolho, servida com pão de centeio); Nalésneke (tipo de Panqueca enrolada nos mais diversos recheios); Varénneke (espécie de pastel (tipo ravióli) que pode ser recheado com repolho, trigo sarraceno/mourisco, ameixas, geléias, sementes de papoula, batata e requeijão); Holubtsí (rolinhos de repolho, uma espécie de charuto, com trigo-sarraceno, cebola e cogumelos, enrolado com folha de repolho. É cozido no vapor ou em banho-maria); Krujalkê (espécie de repolho cozido, temperado com água, sal e iguarias); Peixe em Conserva; Kácha (espécie de cevada moída, preparada com iguarias); Hrebê (espécie de cogumelos cozidos, preparados em forma de salada ou em forma de molho, para serem consumidos com os demais pratos); Kalatch (pão doce; em algumas regiões, com recheio de doces de frutas); Kómpot (compota feita das mais variadas frutas guardadas em conserva desde o verão: cereja, ameixa, pera, maçã, uva); várias espécies de pão, biscoitos de mel.

Natal na Itália – por Lívia, do Malas pra que te quero

A ceia de Natal na Itália normalmente acontece na noite do dia 24 de dezembro e mantém uma tradição de toda refeição italiana: é composta de primeiro (primo) e segundo (secondo) prato. No norte do país o prato principal costuma ser uma ave recheada, e existe uma especial predileção pela carne de galo. Já no sul é comum serem usados peixes ou frutos do mar, sendo o capitone (espécie de enguia) o mais tradicional.

Os doces mais comuns nesta data, são, é claro, o panetone e o pandoro, ambos originários da região norte da Itália. Já no sul, a preferência é por doces típicos dali, como os cannoli, as zeppole e as frutas secas. Tudo isso sempre regado a vinhos nacionais, como o moscato, ou mesmo champanhe.

comidas-natal-italia-doces

Doces típicos do sul da Itália (Foto: Pixabay)

Natal em Seattle (EUA) – por Flávia, do Seattle Drops

Nos Estados Unidos, mais especificamente Seattle, a comida do Natal é muito parecida com a do Thanksgiving, o Dia de Ação de Graças: peru ou presunto assados, gravy (um molho grosso feito com o caldo e a gordura liberadas pela carne assada), stuffing (um acompanhamento feito de pedaços de pão temperados e umedecidos com caldo de carne), cranberry sauce (molho agridoce feito da fruta chamada cranberry), purê de batatas, algum legume no forno, como vagem gratinada ou couve-de-bruxelas. As sobremesas mais comuns são as tortas de maçã, noz pecan ou abóbora.

Existem outras comidas e bebidas típicas de Natal, mas que não fazem parte da ceia propriamente dita: eggnog (bebida alcoólica feita à base de ovos), gingerbread (biscoito similar ao pão-de-mel, feito com gengibre), candy cane (aquelas famosas bengalinhas doces em vermelho e branco).

comidas-natal-eua-peru

O bom e velho peru (Foto: Pixabay)

Alguns me deixaram com água na boca e/ou com vontade de experimentar. Já outros causaram um estranhamento… Mas acho bem legal poder conhecer não só as comidas de Natal e também um pouco das tradições de outros países. Agora é só colocar o CD da Simone (tá, melhor não) e celebrar!

Não se esqueça dos parceiros do "Mariana Viaja" ao organizar sua viagem!
- Encontre e reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo pelo Booking sem pagar nada a mais por isso! - Em destinos internacionais o seguro é obrigatório, compare preços pela Real Seguros e escolha o que melhor te atende. - Para estar com internet no celular durante toda a viagem, mesmo fora do Brasil, adquira um chip da EasySim4u. - Vai viajar sozinha? Baixe o ebook com dicas que vão te ajudar no planejamento!
Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
41Tweet about this on Twitter
Twitter
0Share on Google+
Google+
0Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email