Destinos para viajar sozinha – uma lista com os meus preferidos

melhores-destinos-viajar-sozinha

Antes de começar já quero deixar claro que não existem melhores destinos para viajar sozinha. Muita gente me faz essa pergunta e o que respondo é que o melhor lugar é aquele que você quer ir. Eu tenho a lista dos meus preferidos, que vou compartilhar neste texto, mas o fato de eu ter gostado não faz de nenhum deles o melhor. Cada pessoa tem seu gosto e acho prepotente e até perigoso fazer listas como sendo de informações definitivas, como tantas que a gente vê por aí.

Então quando me pedem para indicar alguns destinos para viajar sozinha ou até uma indicação geral de destino, o que faço é tentar ajudar a própria pessoa a descobrir essa resposta. Que lugar você sonha conhecer? Que tipo de passeio você gosta? Tudo isso tem de ser levado em consideração, porque não adianta ir para uma praia paradisíaca que alguém adorou se você gosta mesmo é de cidades urbanas. E vice-versa.

Leia também:
Medos mais comuns ao viajar sozinha e como lidar
Viajar sozinha é mais caro?

Destinos para viajar sozinha no Brasil

Aracaju (Sergipe)

melhores-destinos-viajar-sozinha-aracaju

Digo que foi o lugar onde mais me senti à vontade viajando sozinha. Uma leveza diferente, não sei. Pode ter sido o momento ou algo meu… E foi uma decisão meio de última hora, em 2017, quando pintou uma promoção de passagem e comprei. Já queria conhecer há muito tempo e achei uma graça, o tipo de lugar onde eu moraria feliz.

Além das praias, possui uma orla super bem-estruturada, centro histórico, opções de bate e volta e um povo muito bacana. Depois, pesquisando, descobri que é considerada a capital brasileira da qualidade de vida e a capital nordestina com a menor desigualdade social.

Leia também:
Praias e outros passeios em Aracaju e região



Booking.com

Paraty (Rio de Janeiro)

melhores-destinos-viajar-sozinha-paraty

Adoro cidades históricas. Também adoro praia e sol! Por isso tinha muita vontade de conhecer Paraty, cidade que une tudo isso e tem as casinhas mais charmosas que, até então, eu só via em fotos. Mas acabei indo pela primeira vez, sozinha, num fim de semana chuvoso e, com o perdão do trocadilho, foi aquele balde de água fria.

Depois dei uma nova chance, voltei em outra ocasião, com mais dias de sol, embora seja praticamente impossível não pegar pelo menos um pouco de chuva na cidade, independente da época. É um lugar que eu gosto demais!

Leia também:
O que fazer em Paraty



Booking.com

Curitiba (Paraná)

melhores-destinos-viajar-sozinha-curitiba

Uma das viagens que mais gostei. Fui no carnaval de 2014. Não para cair na folia, mas exatamente pelo fato de a festa não ser forte por lá, assim tive quatro dias para passear e conhecer lugares como o Jardim Botânico, Museu Niemeyer. Parque Tanguá e tantos outros. E ainda fiz um bate e volta de trem, pela Serra do Mar, até a cidade de Morretes.

Gostei tanto que basta alguém falar que está indo (ou querendo ir) conhecer Curitiba que eu fico empolgadíssima botando pilha e compartilhando todas as minhas dicas. Quero muito voltar!

Leia também:
O que conhecer em Curitiba



Booking.com

Porto de Galinhas (Pernambuco)

melhores-destinos-viajar-sozinha-porto-de-galinhas

Já comentei algumas vezes que começar a ir à praia sozinha foi um desafio. E escolher praia com o um destino para viajar sozinha dava certo receio. Preferia lugares urbanos ou praia em cidades maiores, com outros atrativos para ocupar o dia. Até que no fim de 2014 fui a Porto de Galinhas e adorei!

As piscinas naturais são uma delícia, para curtir o dia todo. E lá tem também um centrinho fofo com restaurantes, lojinhas, bem legal para andar à noite. Foi uma viagem supertranquila.

Leia também:
Mais dicas de Porto de Galinhas



Booking.com

São Paulo (SP)

melhores-destinos-viajar-sozinha-sao-paulo

Para muitos a cidade pode parecer pouco turística, especialmente se comparada a outras capitais. Mas isso passa quando a gente começa a conhecer melhor. Praticamente todas as vezes que fui estava sozinha e posso garantir que tem opções de sobra e para todos os gostos e perfis!

Muita cultura, espaços verdes, lugares históricos, museus, comida boa, arte de rua, vida noturna agitada, Avenida Paulista aberta aos domingos. E não sei se é só impressão, mas sinto como se as pessoas fossem mais independentes, mais livres no sentido de serem quem realmente são, do jeito que querem ser.

Leia também:
Dicas de passeios em São Paulo



Booking.com

Salvador (Bahia)

melhores-destinos-viajar-sozinha-salvador

Salvador é uma das cidades que eu mais tinha vontade de visitar. E foi minha primeira viagem sozinha no Brasil, logo depois que voltei de Cuba – que foi a primeira geral, aí tava cheia de coragem para as próximas e escolhi logo um lugar muito desejado.

Lembro que ouvi alguns comentários negativos antes de ir, mas fui aberta a ter a minha visão. E eu gostei tanto! O Pelourinho, o Farol da Barra, as Igrejas centenárias, o acarajé, o povo soteropolitano, o mar, o vento, as fitinhas coloridas do Bonfim… A cidade segue sendo um dos meus lugares preferidos no Brasil.

Leia também:
Passeios para fazer em Salvador



Booking.com

Inhotim (Minas Gerais)

melhores-destinos-viajar-sozinha-inhotim

O maior museu a céu aberto do mundo é um passeio incrível, seguro e muito agradável. Ótimo para ir sozinha e aproveitar no seu tempo! Inhotim fica localizado no município de Brumadinho, mas perto também de Belo Horizonte.

De BH dá para fazer um bate e volta. Se quiser fazer a visita em mais de um dia, já que é bem grande, é melhor se hospedar em Brumadinho e aproveitar para conhecer a região, que tem muitas opções de atividades culturais, ecoturismo, culinária deliciosa e um povo muito querido.

Leia também:
Dicas de Inhotim e de Brumadinho



Booking.com

Vila Velha e Vitória (Espírito Santo)

melhores-destinos-viajar-sozinha-vila-velha-vitoria

É onde estou morando agora, mas, antes de me mudar, já tinha vindo como turista. Em janeiro de 2017 passei alguns dias e fiz passeios nas duas cidades durante um fim de semana.

Separadas por uma ponte, Vila Velha e a capital, Vitória, têm opções variadas, como praias, museus, lugares históricos. É fácil transitar entre elas, os lugares não costumam ser tão cheios, dá para aproveitar bastante. E não deixe de provar a tradicional moqueca capixaba.

Leia também:
O que fazer em Vila Velha e Vitória



Booking.com

Destinos para viajar sozinha no exterior

Lisboa e Porto (Portugal)

melhores-destinos-viajar-sozinha-portugal

Em primeiro lugar, tem a facilidade da língua, o que já é um ponto muito positivo. E tem as comidas portuguesas e um monte de lugares lindos. Fui em outubro de 2016, fiquei em Lisboa, fiz alguns passeios de bate e volta para outras cidades, depois passei um fim de semana no Porto. Achei uma delícia de país, voltei apaixonada e morro de vontade de voltar!

Embora eu tenha descendência portuguesa – foi de lá que, em 1853, o bisavô do meu pai partiu para o Brasil – não foi uma viagem de descobertas familiares, até porque seria impossível. Mas ter ido sozinha foi bom porque me proporcionou esse encontro comigo mesma e com parte da minha história.

Leia também:
Minhas dicas da viagem para Portugal



Booking.com

Santiago (Chile)

melhores-destinos-viajar-sozinha-santiago

Acho um destino ótimo, pois fica perto e não custa tão caro, além de ter várias opções bem legais de turismo. Fui sozinha para Santiago e foi ótimo. A cidade é cheia de brasileiros, é quase impossível não esbarrar com algum. Por causa disso, vários estabelecimentos possuem funcionários que falam ou pelo menos entendem o português. Dá para se comunicar tranquilamente.

Além dos passeios em Santiago, a maioria deles culturais e gastronômicos, queria também realizar o sonho de conhecer a neve, então de lá fiz um bate e volta ao Valle Nevado e a Farellones, na Cordilheira dos Andes.

Leia também:
O que fazer no Chile



Booking.com

Nova York (Estados Unidos)

melhores-destinos-viajar-sozinha-nova-york

Como eu costumo dizer, ninguém está sozinho em Nova York. Ou todo mundo está, depende do seu ponto de vista. Por ser uma grande metrópole, tão cosmopolita, é supernatural que tenham mulheres viajando sozinhas e, por isso, dificilmente a gente se sente deslocada. Ninguém vai olhar torto, ninguém vai questionar… Aliás, ninguém nem vai notar!

Fiquei hospedada na casa de uma amiga, no Brooklyn, mas, com exceção do primeiro dia, nos outros todos fiz os passeios sozinha. E foi muito bom. Me senti tranquila e segura por lá. Gente nas ruas o tempo todo, gente de todos os estilos, de todas as tribos, e muitos lugares para conhecer.

Leia também:
Meus textos com dicas de Nova York



Booking.com

Paris (França)

melhores-destinos-viajar-sozinha-paris

Muitos consideram Paris uma cidade romântica, mas isso não significa que não possa ser um dos bons destinos para viajar sozinha. Até porque, acho que o romantismo não está no lugar em si, está (ou não) dentro da gente.

O que posso dizer é que Paris é linda, cheia de vida e, juro, em nenhum momento me senti mal por não estar acompanhada. Quando fui sozinha não era minha primeira vez por lá, então quis revisitar alguns lugares, conhecer outros. Sou apaixonada pela cidade e tenho olhos de amor para cada canto. Isso é meu e não depende de ter outra pessoa comigo.

Leia também:
Muitas dicas de passeios em Paris



Booking.com

Antes de viajar para  o exterior, faça um seguro!
Seguro Viagem Geral

Dicas para viajar sozinha

Eu tenho preferência por lugares com um pouco mais de estrutura, com transporte e deslocamento mais fácil. Não sou muito de aventura, de lugares mais afastados. Também gosto de contratar agências de passeios na cidade e/ou para visitar cidades próximas, é uma forma de estar com mais gente. Mas essa é uma questão minha. O ideal é sempre que você pesquise e escolha de acordo com seu perfil.

Leia também:
Histórias de mulheres que viajam sozinhas

Como eu disse lá no começo, a ideia deste texto não era fazer exatamente uma lista de melhores destinos para viajar sozinha, mas sim mostrar alguns dos lugares que eu conheci e gostei. E o que posso dizer é que quanto mais o destino tiver a ver com você, mais à vontade você ficará e mais vai gostar da viagem. O melhor lugar do mundo é sempre aquele onde você tem vontade de estar no momento!

A Juliana, do blog Além da Curva,
viajou para Belém e Alter do Chão. Veja mais:

Como foi viajar sozinha pelo Pará

 

Conheça meu livro de crônicas "Eu não quero chegar a lugar algum" e entre em contato para adquirir o seu no formato digital ou físico.
Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email