Viajar sozinha é mais caro?

viajar-sozinha-mais-caro-dicas-economizar

(Enquanto a pandemia do coronavírus não passar, fique em casa!
Deixe para viajar depois, quando for seguro).

Entre as muitas questões que antecedem a decisão de fazer uma viagem na própria companhia, uma costuma gerar muitas dúvidas: Viajar sozinha é mais caro? Sim e não! Isso vai depender de várias coisas. Falando da minha própria experiência, posso dizer que em alguns casos eu consigo viajar de forma muito mais econômica estando sozinha e gasto mais quando estou acompanhada. O contrário já aconteceu também. Como em tudo na vida, não há regras.

Sempre digo que uma das principais vantagens de viajar sozinha é a possibilidade de fazer as coisas do seu jeito. Isso inclui, também, a forma de gastar, seja escolhendo onde ir, o que fazer, onde comer… Quando estamos em grupo é natural acompanhar o que a maioria quer e às vezes a gente acaba pagando por algo que, sozinha, não pagaria.

Vou compartilhar com vocês algumas dicas em relação à minha forma de viajar e como faço para gastar menos e conseguir economizar viajando sozinha – e vale também como dica de economia para qualquer tipo de viajante.

Acompanhe o blog também no Facebook!

Dicas para economizar viajando sozinha

– Pesquisa

Antes de definir o destino para onde você vai viajar sozinha, faça uma pesquisa e tenha flexibilidade. Não fique presa a um lugar só. Veja cotação de passagens e esteja aberta, porque talvez um lugar diferente tenha um preço mais baixo que possa valer a pena.

Se possível, evite altas temporadas, feriados e fins de semana, que são períodos em que os preços tendem a subir. E veja tudo com o máximo possível de antecedência, para dar tempo de organizar as finanças, determinar quanto precisa economizar e juntar o dinheiro necessário, o que é muito melhor do que fazer mil parcelas e jogar o pagamento para o futuro.

viajar-sozinha-mais-caro-economizar

Imagem de Brett Hondow por Pixabay

– Planejamento

Definidos o destino e a data, é hora de detalhar melhor o planejamento. Isso é fundamental principalmente para quem pretende viajar sozinha e ajuda não só em relação aos gastos, mas também à segurança.

Minha dica é pesquisar bastante sobre o lugar antes de ir, tentar fazer um roteirinho prévio, mesmo que não vá seguir à risca, mas para ter uma noção do que pretende fazer. Anote tudo! Assim você consegue calcular quanto pode gastar, já que quando a gente viaja muito solta, sem nada planejado (o que também é ótimo em muitos sentidos), há uma tendência maior de haver imprevistos que levam quase sempre a mais gastos.

Por exemplo: é bom quando a gente permite “se perder” por ruazinhas, por lugares diferentes. Mas aí bate a fome ou acontece algo e você não tem muito como escolher. É o lugar que tem para comer e pronto, é a falta de transporte público que faz com que tenha de chamar um táxi ou uber, além de outras coisas do tipo. Já aconteceu comigo, gastei mais e é a vida. Por isso é bom ter pelo menos um pouquinho na reserva.

viajar-sozinha-mais-caro-planejamento

Imagem de Edeltravel_ por Pixabay

– Hospedagem

Para mim é a parte que mais pesa. São raros os lugares que possuem quartos individuais. Geralmente quem está só e quer um quarto privado precisa pagar pelo quarto de casal. Ou seja, o dobro do que pagaria se estivesse com mais uma pessoa.

Acho que esse é o ponto que mais encarece para quem viaja sozinha. Mas existem alternativas para economizar, claro! Uma delas é se hospedar nos quartos coletivos em hostels (se para você não é uma questão, se joga!) ou hostels que tenham quartos individuais, mas que costumam ter preços mais em conta. Eu confesso que tenho preferido pagar um pouco mais para manter minha privacidade. Tem uma tirinha que circula nas redes sociais e que eu adoro!

viajar-sozinha-mais-caro-hospedagem

E hospedagem, para mim, é o ponto mais importante ao viajar sozinha. Escolher um lugar bem localizado, seguro, bem avaliado. Mesmo com opções mais baratas, mas é questão de custo-benefício. Então, pesando tudo isso, escolho hospedagens mais simples, o que para mim não é nenhum problema, mas que se encaixem nesses outros quesitos.

Encontre e reserve sua hospedagem pelo Booking



Booking.com

– Alimentação

É bom demais poder comer fora em todas as refeições, conhecer comidas típicas, se esbaldar? É. Mas tem um preço. E nem sempre eu posso pagar. Fora que muitos lugares não possuem pratos individuais, apenas para duas, o que obviamente também custa mais – aliás, rende um texto, porque já passou da hora de restaurantes se adequarem.

Enquanto isso, uma das minhas táticas é sempre ter algo de comer na bolsa. Compro antes de viajar e, depois, já no destino, também gosto de ir ao mercado e comprar mais alguma coisa que dê para levar comigo no dia a dia. Quanto às comidas típicas, na maioria das vezes há barracas ou lanchonetes com versões mais em conta.

Pedir indicações aos funcionários do hotel/hostel é uma boa, porque eles conhecem as proximidades e locais para comer com preços melhores. Em geral, às vezes um almoço ou lanche simples para comer sozinha sai mais em conta que dividir aquela pizza ou aquele prato famoso que você nem queria nem podia, mas a companhia insistiu e você cedeu.

viajar-sozinha-mais-caro-alimentacao

Imagem de Steve Buissinne por Pixabay

No mais, vou anotando os gastos e pesando: se paguei mais no almoço, à noite fico no lanche básico; se não comprei nada de comer durante o dia, escolho algo melhor no jantar. Para os restaurantes mais famosos, eu escolho um dia para experimentar, pesquiso antes e já vou com o valor separado para isso.

Para inspirar: relatos meus e de outras mulheres que viajam sozinhas

– Lazer

É a parte em que acho mais fácil economizar viajando sozinha. Por todos os motivos que já citei acima, você vai fazer apenas o que você quiser e puder fazer. Não precisa fazer o programa caro que a amiga quis, ir no lugar badalado que você nem gosta só para não causar climão.

Então voltamos ao primeiro item, do planejamento: antes de ir, pesquise tudo o que tem para fazer na cidade, veja o que é gratuito – até mesmo os lugares pagos têm entrada gratuita em alguns dias/horários – liste suas prioridades e veja o que vale a pena.

viajar-sozinha-mais-caro-lazer

Imagem de CryptoSkylark por Pixabay

– Transporte

Outro ponto que demanda planejamento prévio e que tem a ver, também, com a localização da hospedagem. Às vezes vale mais a pena pagar uma quantia a mais para ficar em um lugar mais próximo de tudo e fazer tudo a pé do que economizar ficando longe e ter de gastar muito com transporte. Além da questão da segurança.

Com o roteirinho em mãos, dá para ter uma ideia do que vai poder fazer a pé, ou quantos ônibus (ou metrô) vai precisar pegar, ou, ainda, se para algum lugar vai ser necessário uber ou táxi (e pelo próprio aplicativo já fazer um cálculo).

Outras dicas para gastar menos

Uma dica que vale não só para economizar ao viajar sozinha, mas para qualquer viagem: pergunte aos locais. Muitos pontos turísticos e restaurantes têm valores altos porque são focados mesmo nos viajantes. Mas quem mora na cidade conhece muitos outros lugares com valores que cabem no dia a dia, além de outros “macetes” que podem ajudar.

Por isso, por mais que você tenha pesquisado tudo, não se acanhe em pedir indicações aos funcionários do hotel/hostel ou mesmo a outras pessoas que você encontra na rua ou nos estabelecimentos. Ninguém como eles para saber indicar locais bacanas e com preços melhores.

Ah, e tenha cuidado com o cartão de crédito! Ele é bom, ele é prático, ele é necessário, mas ele pode ser, também, uma cilada!  Deixo o crédito só para gastos emergenciais. Já precisei gastar em farmácia, por exemplo – imprevistos acontecem. Já aconteceu, também, de uma vez resolver me presentear com um mega almoço em um lugar que eu já tinha definido que não ia, mas de repente deu vontade e os demais gastos estavam em dia.

viajar-sozinha-mais-caro-gastos

Imagem de Jan Vašek por Pixabay

Afinal, viajar sozinha é mais caro?

Como eu disse no começo, tudo vai depender de cada um desses tópicos listados e da forma como você pretende viajar. Mas, resumindo, eu diria que essa história de que viajar sozinha é mais caro nem sempre procede. Sempre faço uma previsão de orçamento diário e do orçamento total. E, no decorrer da viagem, tento balancear os meus gastos – se paguei mais em alguma coisa, corto outra. Assim a conta fecha sem entrar no vermelho. Se planejar direitinho vai caber, sim, no seu bolso!

dicas-viajar-sozinha-banner

Foto principal: Viagem foto criado por freepik – br.freepik.com

Não se esqueça dos parceiros do "Mariana Viaja" ao organizar sua viagem!
- Encontre e reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo pelo Booking sem pagar nada a mais por isso! - Em destinos internacionais o seguro é obrigatório, compare preços pela Real Seguros e escolha o que melhor te atende. - Para estar com internet no celular durante toda a viagem, mesmo fora do Brasil, adquira um chip da EasySim4u. - Vai viajar sozinha? Baixe o ebook com dicas que vão te ajudar no planejamento!
Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email