Viajando Sozinha no Espírito Santo: Guarapari

viajando-sozinha-espirito-santo-guarapari-o-que-fazer

Dizem que a gente nunca volta a um lugar, porque o lugar não é o mesmo e principalmente porque nós não somos os mesmos. Foi assim com Guarapari, segundo destino do meu projeto “Viajando Sozinha pelo Espírito Santo” – clique no título para saber mais.

Eu, como boa mineira que sou, já tinha ido a Guarapari no verão, muuuitos anos atrás, mas fiquei apenas na Praia do Morro, que é a principal. E que surpresa feliz poder ir novamente depois de tanto tempo, na baixa temporada, ver tantas outras praias (são mais de 50 no total) e (re)descobrir uma cidade encantadora que eu na verdade não conhecia… Isso é bom demais!

Acompanhe o blog também no Facebook!

O que fazer em Guarapari, Espírito Santo

Fui no ônibus de Vitória para Guarapari, que sai da rodoviária de hora em hora e passa por Vila Velha. Então, como é onde moro, foi mais fácil para mim. O ponto onde peguei foi o da rua do Shopping Vila Velha, logo depois da entrada da Universidade (UVV), mas passa em outros também.

Em Guarapari, a parada final também é na rodoviária, mas ele tem pontos ao longo da cidade. Basta ver a localização de onde você vai ficar e solicitar ao cobrador que te avise no ponto mais próximo. Chegando lá, é só curtir! Compartilho aqui com vocês um pouco do que fiz.

Centro Histórico

Eu adoro lugares históricos, mas, confesso, nem sabia que em Guarapari tinha um centro histórico! Pois tem e é bem bonitinho. A Igreja de Nossa Senhora da Conceição (Ladeira Salvador Souza, 1588, Centro) fica na parte alta, onde a cidade começou a surgir.

viajando-sozinha-espirito-santo-guarapari-centro-historico-igreja

Construída pelo Padre José de Anchieta em 1585 e tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, já passou por diversas restaurações, mantendo o padrão original. Um toque diferente, já deste século, é a decoração das portas e janelas com conchas. Fiquei encantada! Lá tem um guia que pode acompanhar a visita na parte de dentro da igreja e contar um pouco da história.

Logo perto ficam as ruínas de uma outra igreja, que começou a ser construída para substituir esta, mas pegou fogo e a construção foi interrompida… Na mesma rua da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, na altura do número 145.

viajando-sozinha-espirito-santo-guarapari-centro-historico-ruinas

City Tour

Foi no city tour que conheci o centro histórico. Sai de manhã e retorna no início da tarde, umas 5h no total. Vai do litoral norte ao litoral sul, com algumas paradas para curtir, outras para fotografar e admirar o visual… Foi uma opção mais prática para conhecer mais lugares, especialmente as praias que ficam mais afastadas, e saber mais sobre eles.

Acho válido especialmente quando se está só. E com a vantagem de ter gente para tirar suas fotos e olhar suas coisas quando entra no mar (porque sim, isso faz diferença).

viajando-sozinha-espirito-santo-guarapari-city-tour-praias3

Fiz com a Shariff Turismo Receptivo. Os valores variam dependendo da época e de quantas pessoas presentes no passeio. No dia que fiz éramos três, eu e um casal, e o valor individual era de R$ 100,00, pegando e deixando no hotel/pousada.

O passeio passa também em um local onde são fabricadas as tradicionais panelas de barro do estado e na hora do almoço vai a um restaurante que serve a moqueca capixaba na praia de Meaípe, que muita gente acha que já é outra cidade, mas é o último bairro de Guarapari.

Passeio de Escuna

Eu adoro passeios de barco e achei ótimo porque pude conhecer cantinhos onde de outra forma não dá para chegar. São duas horas navegando, passando por algumas praias, vendo a cidade por outro ângulo. Tem uma parada para quem quiser pular no mar. Água gelaaaada, mas quem resiste a uma praia paradisíaca?  Eu, que detesto água fria, só respirei fundo e fui com tudo! Depois a escuna passa ainda pelo canal e pelo mangue.

Este passeio fiz também com a Shariff Turismo Receptivo e o valor era de R$ 30,00, mas também pode variar dependendo da época. O barco tem frutas a bordo, coletes, tudo bem organizado.

viajando-sozinha-espirito-santo-guarapari-passeio-escuna-1

Praias

Como disse, Guarapari tem mais de 50 praias e é impossível conhecer todas em uma viagem. No caso de quem está por conta própria, sozinha ou não, sugiro conhecer as principais e mais centrais, como Praia do Morro, Praia das Castanheiras e Praia dos Namorados, que fica do lado.

No city tour fui a algumas mais distantes e, entre elas, minha preferida foi a Praia de Setiba, que é a última ao norte, já na divisa com Vila Velha – pequena, muito gostosa, tem alguns quiosques e mar calminho.

viajando-sozinha-espirito-santo-guarapari-setiba

A Praia do Morro é a maior e a que tem a orla mais estruturada para o turismo, com muitas lojas, especialmente de moda praia, feirinhas, lanchonetes, comércio em geral, calçadão com pista de caminhada e de ciclismo e vários quiosques. Mesmo durante a semana e em baixa temporada, no fim de tarde tinha movimento.

E a das Castanheiras, foto que abre este texto, é pequena, mais residencial (embora tenha muitos apartamentos de temporada também), mas perto de tudo no centro, acho que foi a que mais gostei e achei mais bonita, nível quero morar!

viajando-sozinha-espirito-santo-guarapari-praia-do-morro

Letreiro de Guarapari

Eu adoro um letreiro! Esse fica na Praia da Areia Preta. Dizem que essa areia tem propriedades medicinais e foi o que fez as pessoas começarem a procurar a cidade, lá na década de 1940. A partir daí só foi crescendo o número de visitantes e hoje é a principal porta de entrada do turismo no estado. Ao lado dela tem a Praia do Meio e, na sequência,Castanheiras.

viajando-sozinha-espirito-santo-guarapari-letreiro

Orla do Canal

A Ponte Jones dos Santos Neves separa o centro de Guarapari de outros bairros da cidade, mas é pequena e movimentada, durante o dia dá até para atravessar a pé, sem problemas. É onde fica o canal, de onde saem barcos de pesca e também os passeios de escuna. Vai da ponte até a Rua Agapito Barcellos

É, também, onde está a nova Paróquia Nossa Senhora da Conceição, atual Igreja Matriz de Guarapari (Rua Davino Matos, s/n), construída em forma de vela de barco. É um dos cartões postais da cidade. Próximo à ela (Avenida Pedro Ramos) fica um muro cheio de belos grafites coloridos, mas só passei durante o city tour e não fotografei.

viajando-sozinha-espirito-santo-guarapari-igreja-nova

Onde ficar em Guarapari

Minha hospedagem foi na Guarapousada (Av. Antonio Guimarães, 118 – Quadra 40) e não poderia ter sido melhor! Embora localizada em um bairro de muito movimento, Muquiçaba, com farto comércio, é um refúgio em meio à natureza!

Fica perto da Praia do Morro e próxima também do Centro. Mas, do portão para dentro, é um lugar de muito verde, espaços amplos, pequenos prédios coloridinhos onde ficam os quartos (também muito amplos), café da manhã com opções variadas, piscina delícia com uma borda direto na pedra e uma cascata, tinha até um balanço…

Achei um charme. E com funcionários muito simpáticos e prestativos. Tem também um espaço de eventos onde são realizados casamentos e festas em geral.

Do ponto de ônibus onde desci, na Praça Muquiçaba, são quatro quadras até a pousada, seguindo pelo lado direito. E da praça até a praia apenas uma quadra, que dá no comecinho da Praia do Morro, uma parte de pescadores chamada Prainha de Muquiçaba, onde tem no meio do mar uma estátua de São Pedro. De lá é só seguir o calçadão à esquerda.

viajando-sozinha-espirito-santo-guarapari-prainha-muquicaba

Veja mais fotos, informações e faça sua reserva na Guarapousada

 

Viajando sozinha para Guarapari

A cidade é totalmente preparada para o turismo, o que facilita bastante para todo tipo de viajante. Estando sozinha, não tive nenhum problema nem me senti desconfortável em nenhum momento, o que é ótimo. Particularmente gosto de lugares que tenham algum movimento, porque a gente passa desapercebida. ahahah

Mas é sério, lugares mais desertos ou com menos gente, não tem como uma pessoa viajando sozinha não ser notada. Lá, mesmo caminhando sozinha no calçadão ou na praia, havia outras pessoas também e nem sei se eram moradores ou turistas, era o fluxo normal da cidade…

viajando-sozinha-espirito-santo-guarapari-praias-castanheiras

Praia das Castanheiras

Uma dica que sempre dou é buscar uma hospedagem bem localizada. No caso de Guarapari, em um bairro mais central e urbanizado, preferencialmente perto da Praia do Morro. Às vezes há opções mais baratas em bairros/praias mais distantes, mas vai ser complicado se deslocar e até mesmo encontrar lugares variados para comer. Eu pude fazer bastante coisa a pé, paguei preços bem justos para almoço e lanche, tinham muitas opções por perto – peça dicas para os recepcionistas da pousada. Mesmo à noite, não muito tarde, era de boa ir até a rua principal, de mais comércio, e voltar. Eles também têm várias sugestões de delivery, caso prefira comer por lá.

Dentro da cidade não cheguei a usar ônibus nem Uber, mas são essas as possibilidades de deslocamentos para quem está sem carro. Não é caro, da Praia do Morro ao Centro fica em média R$ 10,00 (estimativa de preço em setembro/2019, sujeito a alterações). Dá para ir por conta própria de uma praia a outra, mas como eu queria ter um panorama geral e tinha poucos dias, achei o city tour válido. Quem tem mais tempo pode fazer isso e depois escolher voltar à praia que mais gostou. Aqui no mapinha tem alguns dos lugares que citei no texto:

Estas são minhas dicas para quem procura o que fazer em Guarapari, no Espírito Santo. Aos poucos vou mostrando mais destinos do estado, como é viajar sozinha para cada um deles, o que dá ou não para conhecer viajando por conta própria e sem carro. Acompanhem aqui e também no Instagram pela hashtag #ViajandoSozinhaNoES.

Outros destinos que já visitei: SerraAnchieta

dicas-viajar-sozinha-banner

* Agradecimento aos parceiros: Guarapousada e Shariff Turismo Receptivo

Não se esqueça dos parceiros do "Mariana Viaja" ao organizar sua viagem!
- Encontre e reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo pelo Booking sem pagar nada a mais por isso! - Em destinos internacionais o seguro é obrigatório, compare preços pela Real Seguros e escolha o que melhor te atende. - Para estar com internet no celular durante toda a viagem, mesmo fora do Brasil, adquira um chip da EasySim4u. - Vai viajar sozinha? Baixe o ebook com dicas que vão te ajudar no planejamento!
Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email