Em casa: coisas para fazer sozinha e curtir a própria companhia

coisas-para-fazer-sozinha-em-casa-3

Enquanto a curva de contágio do coronavírus não começa a cair, seguimos em quarentena – pelo menos teoricamente. E, por isso, muita gente segue em busca de dicas do que fazer em casa, especialmente coisas para fazer sozinha.

Em um texto aqui, logo no começo disso tudo, até falei sobre a sensação de solidão durante a pandemia, que não tem necessariamente a ver com o fato de estar ou não sozinha. Pode ser solidão a um, a dois, a três, a quantos couberem no seu espaço de quarentena. Solidão acompanhada, solidão conjunta, solidão com medo, solidão responsável, solidão de tédio, solidão com saudade, solidão por perder o direito básico de ir e vir. Solidão sufocada, solidão sobrecarregada, solidão à distância.

Leia também:
Um dia de cada vez – solidão em tempos de pandemia
O que aprendi morando sozinha me ajudou ao viajar sozinha

O tema não é novo para mim. Por falar sobre viajar sozinha sempre falei sobre estar sozinha e acabei estendendo para o cotidiano, porque acho que quem não consegue estar bem na própria companhia no dia a dia não vai conseguir curtir uma viagem. Então é algo que faz parte do processo…

Foi a partir disso que criei o #SouMinhaMelhorCompanhia e passei a usar nas minhas publicações nas redes sociais para falar de momentos em que podemos ser totalmente plenas mesmo sem ter quem nos acompanhe. Não só sair, mas, mesmo que fosse ficando em casa, conseguir ficar numa boa. Fiz até um ebook gratuito (muitas dessas dicas aqui são de lá):

ebook gratis
E agora, que não é hora de viajar e nem tão cedo a gente vai poder fazer isso, vejo que as buscas por dicas de coisas para fazer sozinha em casa estão crescendo. E isso tem tudo a ver com os assuntos que sempre abordei, mesmo sendo uma situação tão diferente. Porque é, essencialmente, sobre estarmos bem com nós mesmas, né!

Então veio a ideia de fazer uma lista de coisas para curtir na própria companhia. Eu sei que nem tudo se aplica a todo mundo, cada um vive uma realidade, com suas questões pessoais, individuais, além de preferências e momentos distintos. Mas dá para cada pessoa ver o que faz sentido. E já aviso logo que não são necessariamente dicas para ficar bem e feliz – detesto essa pressão de positividade, produtividade ou sei lá o que. São coisas simples, despretensiosas, que podem ajudar a passar o tempo ou a descobrir um hábito novo, mas sem a cobrança de ter de fazer, de ter de dar certo…

25 coisas para fazer sozinha em casa

coisas-para-fazer-sozinha-em-casa-4

Image by Jan Vašek from Pixabay

– Dance como se ninguém estivesse vendo – na verdade ninguém está mesmo… Então aperte o play, feche aporta e crie sua coreografia!

– Mude a decoração do quarto ou de algum cômodo. Pense em como deixar tudo do jeitinho que você gosta, nem que seja só uma almofada ou um quadrinho.

– Desenvolva um novo hobby que não dependa de ninguém, pode ser jardinagem, leitura, qualquer coisa que te faça passar um tempinho todo dia com você

– Prepare uma receita bem gostosa e coma tudinho. Mas coma feliz, sem contar calorias e sem sentir culpa!

Leia também:
Bolos, biscoito, pão de queijo e outras receitas fáceis que testei

coisas-para-fazer-sozinha-em-casa-5

Imagem de Moira Nazzari por Pixabay

– Matricule-se em algum curso online. Pense em algo que você tem vontade de aprender, seja culinária, automaquiagem ou meditação.

– Acesse os sites das lojas mais maravilhosas que você conhece e se imagine usando aqueles looks ou decorando sua casa com móveis diferentes. Coisas que você talvez nunca possa comprar, mas e daí?

– Crie um momento zen – aqui não tem regras, é o que funcionar para você.

– Faça aulas experimentais de atividades físicas diferentes. Muitas academias ou perfis no Instagram têm oferecido opções virtuais e até mesmo gratuitas.

– Assista a um filme que te traga lembranças afetivas da infância e a um filme que você ainda não viu, de um estilo ou país que você não tem costuma de ver, sempre com direito a pipoca.

Leia também:
15 filmes sobre viagens que eu adoro
Filmes e séries na Netflix para inspirar mulheres
8 filmes lindos que se passam na Itália

coisas-para-fazer-sozinha-em-casa-6

Imagem de Jan Vašek por Pixabay

– Tire um tempo para refletir. Tenha uma conversa com você mesma, pode até ser em voz alta, por que não? É bom se ouvir!

– Se tiver quintal, faça caminhada e aproveite para tomar sol. Se não tiver, tente pelo menos tomar um pouquinho de sol naquele cantinho da janela ou onde for possível. Vale até colocar biquíni!

– Escreva! Não precisa ser um textão nem mesmo um diário, mas anotar as reflexões, pensamentos ou angústias que você teve pode ajudar.

– Faça uma lista da gratidão com todas as coisas boas da sua vida e transforme isso em um hábito diário – três por dia antes de ir para a cama.

– Crie várias playlists com suas músicas preferidas, sem se censurar! Para dançar, para ouvir enquanto toma sol, para a hora de dormir, etc.

Leia também:
41 músicas inspiradoras cantadas por mulheres

coisas-para-fazer-sozinha-em-casa-7

Imagem de StockSnap por Pixabay

– Aproveite para entrar em algum canal de karokê no YouTube. E cantar bastante, óbvio.

– Pesquise na internet sobre um tema que você tem interesse, mas nunca parou para ler a respeito. E aproveite para passar horas mergulhada nisso.

– Peça seu prato preferido em um restaurante e se presenteie com um almoço ou um jantar especial!

– Tome uma taça de vinho – tá bom, pode até tomar a garrafa toda, se quiser, o importante é brindar com você mesma pensando coisas boas.

– Leia um livro, de preferência algum de tema bem leve e que faça bem.

Leia também:
12 sugestões de livros escritos por mulheres
Histórias de mulheres pelo mundo para inspirar viajantes
Minhas dicas de leitura nesta quarentena

coisas-para-fazer-sozinha-em-casa-1

Imagem de Anrita1705 por Pixabay

– Aprenda automaquiagem com tutoriais na internet, mesmo que no dia a dia você não tenha o hábito de se maquiar.

– Ligue para alguém com quem você não fala há tempos só para jogar conversa fora – tudo bem, pode ser mensagem no whatsapp, desde que a iniciativa seja sua.

– Conheça seu corpo. Se olhe no espelho de todos os ângulos, se toque, aprenda a se amar.

– E faça alongamento, de preferência ao acordar ou antes de dormir. Pode até ser no banheiro, na hora do banho, desde que seja um espaço só seu.

– Tire alguns minutinhos do dia para fazer meditação guiada por vídeos no Youtube. Há vários e é uma boa forma de começar.

– Planeje uma viagem, mesmo que você nunca vá… escolha um lugar dos sonhos, pesquise o que gostaria de conhecer, leia histórias, olhe preços (por mais altos que sejam). Quem sabe um dia não acontece?

Leia também:
Relatos meus e de outras mulheres que viajam sozinhas

coisas-para-fazer-sozinha-em-casa-2

Imagem de William Iven por Pixabay

Claro que, em relação ao bem estar no dia a dia, muitas vezes nada disso vai ser suficiente. Por isso falei de não ficar nessa obrigatoriedade de ter ficar bem e equilibrada. Estamos passando por uma pandemia, vendo e vivendo um mix de situações e sensações, uma montanha russa de sentimentos, tem horas que todas as tentativas serãp em vão a única possibilidade vai ser chorar em posição fetal. Acontece direto comigo e fiz até um texto sobre isso.

Leia também:
Surta, sim! Um guia ao contrário para viver uma quarentena possível

Mas, quando der, invista um tempinho em algo que te faça bem. Mesmo que pareça algo bobo, mas é bom para dar uma respirada e, como eu costumo dizer, é um aprendizado e pode ser libertador! E se a ideia para o futuro for viajar sozinha, depois de ter colocado algumas dessas coisas em prática vai ficar mais fácil.

Sobre a importância de estar bem na própria companhia

Finalizo estes texto sobre coisas para fazer sozinha com um trecho do livro “O dilema do porco-espinho”, do Leandro Karnal, que fala sobre solidão e, a partir de referências de filósofos, de fatos históricos e de romances e até da Bíblia, faz uma reflexão sobre a natureza de viver só.

“Desconfie de quem se isola sempre. Desconfie ainda mais de quem nunca se isola. Confie pouco em quem vive conectado. Tenha compaixão pelas pessoas que estão tão desesperadas para evitar a solidão que vivem de festa em festa, de post em post, de bar em bar levando seu desespero para beber. Solidão bêbada não ilumina, apenas tropeça e amanhece mais triste na calçada. Solidão a dois é um inferno absoluto. E solidão ranheta azeda e avessa ao mundo é derrota, e não conquista. Conseguir o exercício da solidão-solitude como um prêmio fruto do seu esforço, um privilégio de busca, uma maturidade de vida.

Viver exige pausas, pensar implica certo isolamento, ser feliz com quem você ama é, acima de tudo, ter a experiência da solidão antes e durante o amor. Você precisa de muitas pessoas. Viver é amar e amar implica outros seres. Lembre-se apenas de que você também precisa de você e esse mergulho em si é vital. Quando olhar alguém em uma mesa de restaurante sozinho e feliz, passeando em um parque sem ninguém e pleno, quando ligar para alguém e a pessoa em um sábado à noite disser com serenidade: “Eu estava aqui pensando e lendo tranquilo”, não se esqueça de lhe dar os parabéns. Aquela pessoa já descobriu a faceta libertadora da solidão tornada amiga e está apta para voltar ao convívio dos outros porque já convive consigo. Se você não se suporta, quem conseguirá fazê-lo?”

 

Tem mais dicas do que fazer sozinha e curtir a própria companhia? Compartilhe comigo nos comentários!

Foto principal by Free-Photos from Pixabay

Não se esqueça dos parceiros do "Mariana Viaja" ao organizar sua viagem!
- Encontre e reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo pelo Booking sem pagar nada a mais por isso! - Em destinos internacionais o seguro é obrigatório, compare preços pela Real Seguros e escolha o que melhor te atende. - Para estar com internet no celular durante toda a viagem, mesmo fora do Brasil, adquira um chip da EasySim4u. - Vai viajar sozinha? Baixe o ebook com dicas que vão te ajudar no planejamento!
Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email