Viajando Sozinha

viajando-sozinha

(Imagem: Pixaby)

 

Acho difícil tomar uma experiência pessoal como base para aconselhar outras pessoas a fazerem o mesmo, porque, definitivamente, não é assim que as coisas funcionam. Mas sei que há muitas mulheres que gostam (ou gostariam) de viajar sozinhas e eu, que já fiz isso várias vezes, talvez possa ajudar com algumas dicas.

Curta a página do blog no Facebook!

Os medos são naturais, os comentários negativos vão sempre existir, e as milhares de dúvidas ficam sempre martelando na nossa cabeça… Afinal, vivemos em uma sociedade machista, onde uma mulher fazer qualquer coisa sozinha costuma ser motivo de julgamento – e ainda somos pouco (ou nada) incentivadas a sermos independentes. Fora que os riscos são mesmo maiores. Mas, como diz o maior clichê que a gente respeita, “lugar de mulher é onde ela quiser”. E cabe a nós fazer essa transformação!

Por isso criei esse espaço. Para que o blog, além das dicas gerais de viagem, que valem para todo mundo, possa ser também um meio de (modestamente) encorajar e empoderar mais e mais mulheres! Aqui vou reunir os links de textos meus e de outras viajantes compartilhando experiências inspiradoras.

 

Meus textos:

– A primeira vez que viajei sozinha…

Sobre os direitos das mulheres (e sobre o direito das mulheres viajarem sozinhas)

– Viajar sozinha sim! 10 mulheres contam experiências para te inspirar

– “Mas você vai sozinha?” O livro que toda mulher viajante precisa ler!

 

Outros depoimentos:

– “Sensação incrível de liberdade e empoderamento” – por Natália Gomes

– “Inúmeras surpresas e muitos (re)encontros felizes” – por Diana Saori

– “Experimentando lugares e maneiras de viver” – por Graziella Saft

– “Segura na mão de Kali e vai!” – por Letícia Terumi Kita

– “Fui ao Hopi Hari sozinha aos 14 anos” – por Pamella Martinz

– “Cada nova jornada foi um aprendizado” – por Klécia Cassemiro

 

Já viajou sozinha e quer ver seu relato publicado aqui?
Me escreve no mariana@marianaviaja.com